Golfinho é encontrado morto na praia de Guaxuma no litoral alagoano

{b894a15c-40c8-4e8d-9dab-ae15d15a41e1}_biota
Alagoas 24 horas

Um novo golfinho foi encontrado morto na manhã deste domingo (02), na praia de Guaxuma, Litoral Norte de Alagoas. Com 160cm, o animal foi encontrado por banhistas e estava em estado avançado de decomposição.

 

Grupo de biólogos pertencentes ao Instituto Biota foram até o local para recolher o golfinho e fazer o catálogo. De acordo com os profissionais, esses animais morrem após se enroscarem em redes de pesca espalhadas por todo litoral alagoano.

 

Este é o segundo golfinho encontrado morto nas praias de Maceió em apenas dois dias. O primeiro foi encontrado nesse sábado (01), no Francês, por militares do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA).

 

Para facilitar a conscientização sobre as espécies e alertar sobre os encalhamentos desses animais, o Instituto Biota realiza de 01 a 04 de novembro uma campanha intitulada de “Encalhou?!”.

 

A ideia é percorrer todo o litoral e fixar cartazes, imãs de geladeiras e com contatos do instituto.

Com redução no repasse do FPM, prefeitos alagoanos são obrigados a demitir

Crise financeira atinge cerca de cinco mil prefeitura e impede gestores de manter as contas em dia

dada
Divulgação – internet

Atingindo cerca de cinco mil prefeituras no Brasil, a crise financeira gerada pela redução no Fundo de Participação aos Municípios (FPM) tem obrigado os chefes de Executivo em Alagoas, assim como em outros estados, a adotarem medidas urgentes para conter despesas, enxugar a folha e manter as “contas em dia”. A exemplo das prefeituras de Maceió, Viçosa e Arapiraca, Igaci também entrou na fase de “cortes”. Segundo anunciou ontem (31) o prefeito da cidade, Oliveiro Torres Piancó (PMDB), os funcionários contratados pelo município serão demitidos e o salário do próprio gestor, dos secretários e de comissionados terá redução de 10%.

 

Segundo o prefeito, a justificativa é por conta do “impacto financeiro na folha” que, em função dos pisos salariais que subiram e são equiparados aos nacionais, além da redução do FPM, não consegue manter o que determina a legislação no cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

 

“Tivemos que fazer esses ajustes para que a Prefeitura continue funcionando. As medidas em cortar gastos nas Secretarias, demitir contratados e reduzir os salários dos comissionados foram importantes para diminuir o impacto financeiro nas finanças do Executivo. Se não tomássemos estas medidas estaríamos descumprindo o que determina a legislação e seremos punidos pela LRF. Vamos manter ainda os serviços essenciais para população até que a gente consiga recompor a receita do município”, explicou o prefeito.

 

Oliveiro Torres disse também que determinou a suspensão das gratificações e diárias, bem como, a extinção de algumas pastas do seu governo. “Tudo para minimizar a crise que se instalou em Igaci e assim darmos continuidade a nossa administração”, concluiu.

 

Maceió

 

Por meio da Secretaria Municipal de Comunicação Social, a Prefeitura de Maceió anunciou nesta semana que alterou o cronograma de pagamento da folha salarial dos servidores comissionados já a partir deste mês de outubro de 2014. Em nota, a Prefeitura informou também que a alteração será adotada inicialmente por 6 meses, podendo ser encerrada ao fim deste prazo.

 

A medida, no entanto, não representa nenhuma alteração no pagamento dos servidores efetivos ativos e inativos (aposentados) do município, maior contingente de trabalhadores municipais composto por mais de 20 mil servidores.

 

Somente neste mês de outubro a frustração de receita do município com a queda do FPM foi de 8%. De acordo com a Secretaria Municipal de Administração, Recursos Humanos e Patrimônio de Maceió (SEMARHP), a folha salarial total de Maceió chega a valores próximos de R$ 73 milhões mensais.

 

Arapiraca

 

A prefeita de Arapiraca, Célia Rocha, também anunciou medida para ajudar o município a superar a crise gerada pela redução do FPM.  Em reunião na última semana, a chefe do Executivo Municipal anunciou que reduzirá o próprio salário em 50% e o de mais 19 secretários em 40% já a partir de novembro.

 

Viçosa

 

A demissão de médicos e redução da carga horária do Programa Saúde da Família (PSF) pegaram vários profissionais da área de surpresa em Viçosa, na Zona da Mata de Alagoas. A determinação do prefeito Flaubert Filho é justificada na contenção de gastos principalmente pela falta de recursos, após a queda no Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

 

 

 

Médicos, enfermeiros, odontólogos e outros profissionais das demais especialidades foram dispensados pelo gestor; já aqueles concursados que trabalham nos postos do PSF serão, a partir do mês de novembro, remanejados para outras funções, com redução da carga horária e salarial. Apenas os clínicos gerais foram mantidos e o efeito dessa decisão deverá ser sentido nos próximos dias: a população precisará ir a Maceió para atendimento.

 

Segundo apurou o CadaMinuto com profissionais da saúde, o comunicado foi feito durante reunião, esta semana, com a secretária de Saúde, Kenya Valença, dando a justificativa de que a falta de verba vem dificultando os trabalhos na cidade. Isso acarretou nas demissões e remanejamentos dos servidores concursados.

STTR de Delmiro Gouveia realiza capacitação de novos delegados

O Presidente do Sindicato Rural Zedequias e o advogado Renato Torres participaram juntos com os agricultores do evento.

IMG_5361
assessoria

STTR de Delmiro Gouveia realiza capacitação de novos delegados O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Delmiro Gouveia realizou na manhã desta sexta-feira (31), em sua sede na Travessa Nascimento Bandeira, no bairro Cohab Velha, uma reunião com os diretores e secretários para capacitar os novos delegados. O Presidente do Sindicato Rural Zedequias e o advogado Renato Torres participaram juntos com os agricultores do evento.

 

Na oportunidade o presidente Zedequias aproveitou para comemorar o seu aniversário e da agricultora Maria dos Santos que são os aniversariantes do mês de Outubro, Zedequias destaca que é de praxe todos os meses o sindicato rural homenagear os aniversariantes de cada mês.

 

Após os parabéns, come e bebes, foi iniciada a capacitação onde o junto com o advogado Renato Torres o presidente Zedequias tirou as duvidas dos agricultores que estiveram presente para discutir e ficarem informados das questões relacionadas ao sindicato.

 

Zedequias destaca também que a capacitação de cada delegado visa esclarecer os benefícios que os agricultores tem direito que são: Aposentadoria por idade, salário materno, auxílio doença, pensão por morte e o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

 

Professores comentam tema da redação do Enem 2014

Programa #CaiuNoEnem, deste domingo (9), abordou a temática da dissertação do exame sobre publicidade infantil

Os candidatos que fizeram a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste domingo (9), se depararam com o tema de redação sobre ‘Publicidade infantil em questão no Brasil’.

 

O assunto surpreendeu, mas segundo os professores Marcelo Freire, do Colégio JK de Brasília, e Viviane Faria, do Alub, não foi considerado difícil. Eles participaram do programa #CaiuNoEnem, e comentaram as questões de língua portuguesa, além da proposta de texto dissertativo-argumentativo.

 

Os professores ressaltaram que prestar atenção nos textos de apoio apresentados junto à sugestão do tema é o grande segredo para se sair bem na redação.”Embora o tema tenha sido surpreendente, ele traz o que se discute hoje na mídia”, afirma Marcelo Freire.

 

 

Apesar de não ser permitida a cópia de trechos dos textos motivadores, eles podem, segundo Freire, indicar o que se espera do aluno a partir daquela sugestão.  “A formatação sempre deixa claro para o aluno um caminho possível a ser trilhado. O texto 3 trazia um convite para o aluno pensar que ele mesmo é o sujeito da mudança”, diz.

 

Viviane Faria cita, ainda, que questões da prova de português traziam elementos que poderiam dar mais ideias aos participantes. Por isso, deixar para fazer a redação depois de responder às 90 questões é uma vantagem no Enem.

Pedro Paulo se emociona ao falar sobre as acusações

O vereador do (PT) falou pela primeira vez com exclusividade para o programa Radar 89 sobre a denúncia que foi feita pela sua ex-secretária ao MP. O edil desmentiu as acusações e chegou a se emocionar ao falar sobre o caso.

1503850_742499079105476_7551464763390208207_nO vereador Pedro Paulo (PT) falou pela primeira vez, com exclusividade para o programa Radar 89 na Delmiro FM, sobre acusações feitas pela sua ex-secretária, Tássia Daiele ao Ministério Público de Delmiro Gouveia. O edil desmentiu em parte as acusações e chegou a se emocionar ao falar sobre o caso.

 

Pedro Paulo esteve junto com o seu advogado Raul Santos, e emprincípio, falou que não tinha muita coisa para declarar, devido ao fato do processo está sob investigação. O vereador falou que não foi até o programa Radar para rebater as citações e sim para dizer a população de Delmiro Gouveia que está com a sua consciência extremamente tranquila e que aguardará o final do processo para se manifestar. Pedro Paulo citou também que nunca pegou dinheiro de ninguém, conforme acusação da ex-secretária Tássia Daiele.

 

O vereador explicou que os pagamentos dos funcionários são feitos pela câmara municipal e que o gabinete de cada vereador tem direito a uma secretária e três assessores, o edil afirmou que o dinheiro é pago em conta bancária.

 

Ao ser perguntado pelo âncora do Radar 89, Ozildo Alves,  sobre a história do cartão, o vereador disse a seguinte frase: “Olha eu não vou entrar em detalhes, só vou lhe dizer uma coisa, o Paulo Novais (assessor do vereador acusado de ficar com o cartão de pagamento da ex-secretária) foi muito claro na declaração ao promotor, fiquei muito triste por alguns blogs e sites terem divulgado apenas a declaração da minha ex-secretária e não divulgaram a declaração do Paulo Novais, pois do mesmo jeito que eles tiveram acesso a declaração da denunciante eles também tiveram acesso ao depoimento de Paulo Novais”.

 

O advogado de Pedro Paulo, Dr. Raul Santos, insinuou que o caso teve uma motivação política, disse: “O povo de Delmiro Gouveia sabe que o vereador faz uma oposição rigorosa ao prefeito Lula Cabeleira, todos sabem a forma do prefeito fazer política”, o advogado acredita que as acusações partiram no intuito de prejudicar o vereador Pedro Paulo.

 

Pedro Paulo e o Dr. Raul ratificaram e reproduziram o depoimento do assessor Paulo Novais ao Ministério Público em reposta a denúncia: “Tássia trabalhava por três dias na semana e recebia o valor de R$ 700,00 por mês; a remuneração da Sra. Tássia era de R$ 920,00, porém por ela só poder ir ao local de trabalho somente três dias por semana, houve um acordo entre Tássia e o declarante (Paulo Novais) para receber R$ 700,00 e o declarante usava a diferença de R$ 220,00 para pagar outra pessoa conhecida pelo nome de Adriana. O próprio assessor combinou com a “Adriana para ela receber a quantia de R$ 200,00 para que a mesma fosse uma vez por semana para a Câmara de Vereadores”. Diz ainda que, “O acordo de receber R$ 700,00 foi feito pela própria Tássia, pela razão de não dispor de tempo para ir mais vezes ao gabinete”.

 

Pedro Paulo confirmou o que relatou o seu assessor ao MP:  “Paulo ficava com o cartão bancário em nome de Tássia, por esta manter confiança com as duas”.

 

Para finalizar o Pedro Paulo se emocionou ao lembrar-se da preocupação dos seus amigos, familiares e outros que fizeram questão de ligar e o procurar pessoalmente.

 

O vereador frisou que quando o processo for concluído ele irá novamente se manifestar sobre o assunto. O caso está sendo apurado pelo promotor de justiça da comarca de Delmiro Gouveia, João Batista.

 

Ouça a entrevista:

 

Coluna do Magno Francisco: E agora, José?

Mais um artigo produzido pelo filósofo e professor da Universidade Federal de Alagoas, Magno Francisco

DSC_4492A  vitória da presidente Dilma Roussef (PT) contra o candidato Aécio Neves (PSDB) representou uma derrota para os planos do imperialismo estadunidense na América Latina e para as elites reacionárias do país.

 

Com o cenário de crise econômica do capitalismo e a disputa interimperialista por novos mercados, a vitória de Aécio significaria para o presidente estadunidense Barack Obama ter um aliado fiel para ampliar suas área de influência na América Latina e desestabilizar governos democratimente eleitos.

 

A candidatura do PSDB uniu os setores reacionários do Brasil, que desenvolveram uma campanha de caráter fascista, expressando o seu ódio contra os pobres, negros, gays e nordestinos.

 

Na verdade, esta proposta de separar o Brasil entre Sul/Sudete e Norte/Nordeste, tem a clara intenção de escamotear os interesses de classe das elites conservadoras do Brasil, escolhendo alvos para destilar seu veneno na tentativa de desqualificar a vitória do governo.

 

É necessário registrar que a vitória de Dilma Roussef não seria possível sem o papel destacado da militância que foi as ruas dialogar com a população e desenvolver a campanha. A vitória de Dilma no segundo turno se deve também em grande medida ao engajamento da esquerda revolucionária, como o PCR, Unidade Popular, Polo Prestista e setores do PSOL. Juntos deram uma qualidade a candidatura de Dilma que não existia no primeiro turno.

 

Apesar desta importante vitória contra a extrema direita, os próximos dias serão difíceis para os trabalhadores. A economia vive um momento de estagnação e a burguesia fará ainda mais pressão sobre o governo para aumentar seus lucros e explorar mais ainda os trabalhadores.

 

Desta maneira, os movimentos sociais, os sindicatos, as centrais sindicais, devem desenvolver uma grande pressão popular para que as pautas dos trabalhadores sejam atendidas e conquistas sejam obtidas.

 

É importante lembrar que, apesar da vitória de Dilma, o PT saiu desta eleição menor do que entrou, com menos parlamentares eleitos e também com uma diminuição da sua base aliada. Assim, a oposição de direita cresceu, inclusive ampliando as bancadas mais conservadoras, como a bancada policial e ruralista.

 

Além disto, o PMDB, principal partido da base aliada do governo, que tem o vice-presidente do país, Michel Temer, tudo fará para impedir mais avanços, como deixou claro ao liderar na câmara dos deputos o veto ao decreto da presidente Dilma que regulamentava o funcionamento dos conselhos populares.

 

Derrotar o PSDB nesta eleição foi uma importante vitória para os trabalhadores, porém ainda não foi a derrota definitiva da extrema-direita. A principal tarefa política do proletariado é fortalecer o campo antifascista e trabalhar para impedir o avanço das forças reacionárias no Brasil. Esta é uma batalha que será decidida nas ruas e eu aposto na vitória das forças populares.

Senado aprova MP que dá mais quatro anos para Prefeituras “se livrarem” de lixões

Apesar da vitória, ministra do Meio Ambiente sinalizou-se contrária à medida e alega que ação não apresenta justificativas para superar os desafios.

Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O Senado Federal votou e aprovou durante a noite desta quarta-feira (29), a Medida Provisória 651, que entre alguns dos temas, concede por mais quatro anos, o prazo para a implantação da Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS), ação esta que, entre outras medidas, obriga a eliminação de lixões públicos em cidades brasileiras. A importância do tema reflete diretamente em inúmeras prefeituras e seus gestores, que correm o risco de sofrerem punições por não se adequarem ao plano.

 

O resultado desta votação animou a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), entidade que vem defendendo essa bandeira. Segundo a instituição uma mobilização, no início deste mês, conseguiu que a emenda tratando da prorrogação fosse incluída na MP 651. No mesmo momento esta foi aprovada pela Comissão Mista (de senadores e deputados), responsável por avaliá-la. No dia 15 de outubro o Plenário votou e aprovou a MP, faltava apenas a decisão do Senado.

 

Com 41 votos favoráveis, os senadores aprovaram o Projeto de Lei de Conversão (PLV) 15/2014 em que se transformou a MP 651 com o artigo 107 concedendo prazo de mais quatro anos para a implantação da PNRS.

 

A CNM agora monta outra manifestação, desta vez de apelo aos gestores municipais. Estes, segundo ela, tem o dever de encaminhar mensagens a presidente Dilma Rousseff apelando pela sanção do PLV, em que foi transformada a MP 651, permitindo que os municípios recebam mais prazo e assim se livrar de ações do Ministério Público.

 

Governo não é a favor

 

Apesar do clima de vitória dos municípios, a sansão por parte do Governo já é tratada como desfavorável, isso porque, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, já havia se manifestado contra a prorrogação do prazo e diz que governo vai vetar o artigo. “(…) o líder do governo [deputado Henrique Fontana, do PT de São Paulo] disse efetivamente que o governo não tem compromisso com a sanção do artigo”, comentou a ministra que também indagou: “Prorrogar por mais quatro anos para que tipo de solução?”.

 

De acordo com Izabella não adianta apenas estender o prazo sem entender as peculiaridades dos municípios como, por exemplo, aqueles em zona de fronteira, municípios turísticos ou com menos de 50 mil habitantes, que teriam menos receita.

 

“Se não tiver uma discussão mais objetiva para tratar a questão dos resíduos sólidos, o Brasil não terá critérios que possam identificar os desafios. E temos que respeitar os quase 2,3 mil municípios que cumpriram a lei. Porque esses cumpriram e os outros não? Essas discussões têm que vir para a mesa para que possamos construir o melhor arcabouço legal para erradicação dos lixões”, explicou Izabella.

 

Solução?

 

Uma das alternativas para as cidades que não cumpriram a meta é assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público, que fiscaliza a execução da lei. Os gestores municipais que não se adequaram à política poderão responder por ação civil pública por improbidade administrativa e crime ambiental.

Funcionários contratados da Prefeitura de Delmiro poderão ser demitidos nesta quinta-feira (30)

Delmiro PrefeituraFuncionários contratados da Prefeitura Municipal de Delmiro Gouveia poderão ser demitidos nesta quinta-feira (30). O Prefeito Luiz Carlos Costa, “Lula Cabeleira”, informou que as possíveis demissões podem estar relacionadas à queda nas receitas do município, porém não afirmou que haverá demissões.

 

A informação sobre as possíveis demissões foram obtidas depois que vários delmirenses começaram a comentar o assunto na cidade, inclusive um boato circulou pelas redes sociais que o prefeito teria feito uma reunião na manhã desta quarta-feira (29) com os funcionários da prefeitura onde ele fez a seguinte proposta:

 

“Estaremos com problemas na folha do pagamento do município a partir de novembro, portanto irá haver algumas demissões, porém quem quiser continuar trabalhando sem receber será permitido, até que seja resolvida a folha de pagamento”.

 

O prefeito negou a tal informação e também durante o programa Radar 89 na Rádio Delmiro FM desta terça-feira, a secretária de governo “Lucinha” desmentiu a proposta dos contratados trabalharem sem receber.

 

A reportagem do portal Radar 89 conversou com exclusividade com o prefeito Lula Cabeleira e a Vice-prefeita Ziane Costa. Eles mostraram alguns valores das receitas do ano passado e do referente ano.

 

Confira:

 

ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) –

 

2013 – R$ 24.299.293,90

 

2014 – R$ 17.575.100,04

 

FPM (Fundo de Participação do Município)

 

2013 – R$ 4.331.399,82

 

2014 – R$ 1.231.960,73

 

Recursos Hídricos (Royalties)

 

2013 – R$ 6.626.060,28

 

2014 – R$ 4.158.751,78

 

Lula Cabeleira informou que só irá se manifestar sobre as possíveis demissões na próxima sexta-feira (31) onde concederá uma entrevista exclusiva para o programa Radar 89 na Delmiro FM.

 

 

Recorde de acessos! Portal ‘Radar 89’ completa um mês com mais de 167 mil visualizações

logo radar 01

 

Em um mês o mais novo portal de notícias do sertão alagoano radarnoticias.com.br superou todas as expectativas, hoje quarta-feira, 29/10, completa um mês que o site foi lançado e, já com recorde de acessos, em apenas um mês foram 167.217 páginas visualizadas e 38.786 mil visitas únicas.

 

Um portal de notícias, moderno, com novidades tecnológicas e facilidades para o usuário. Um site de acordo com o novo perfil dos internautas, com a linguagem de quem tem o espírito jornalístico.

 

E com transmissão ao vivo, em áudio e vídeo, do programa Radar 89, direto dos estúdios da Rádio Delmiro FM.

 

As notícias mais acessadas até o momento foram:

 

Carimbão Jr. recebe reposta inesperada ao pedir voto a professor da Ufal de Delmiro – 11,335

 

Operação: cunhado de prefeito está entre assaltantes mortos – 5,119

 

Cândida fala pela 1ª vez sobre o drama de sua doença – 4,584

 

Empresário delmirense está desaparecido há mais de 24 horas – 4,529

 

Beatriz Alencar teria utilizado rede social para se despedir da mãe – 3,618

 

E se você tem interesse em anunciar no portal radarnoticias.com.br entre em contato conosco:

 

E-mail: comercial@radarnoticias.com.br / redação@radarnoticias.com.br / faleconosco@radarnoticias.com.br

 

Telefones: (82) 9655-4275 (Whatsapp)

 

 

Vereador Edvaldo propõe título de cidadão delmirense a radialistas

{90F031E2-0D03-4662-9666-6D45B4745823}_giu e oziDurante a sessão legislativa desta quinta-feira (23), o vereador por Delmiro Gouveia Edvaldo Nascimento (PCdoB) apresentou dois requerimentos para entrega de títulos de cidadão aos radialistas Giuliano Ribeiro e Ozildo Alves, profissionais das Rádios Delmiro.

 

Segundo o parlamentar, a homenagem aos profissionais é reflexo do serviço prestado na área de comunicação não só em Delmiro, mas na região. Edvaldo ressalta que o trabalho desenvolvido pelo diretor Giuliano Ribeiro tem colocado o veículo à frente no que diz respeito à oferta de notícias com responsabilidade e o cuidado com a informação, além de uma programação variada.

 

O parlamentar reforça também o papel de Ozildo Alves, que comanda o Programa Radar89. Para Edvaldo, o programa tem sido um dos destaques do jornalismo local, apresentando pautas e entrevistas de grande repercussão. “Os requerimentos apresentados são uma homenagem a estes dois radialistas que tanto têm contribuído para o jornalismo da nossa cidade e da nossa região. Esta é uma justa homenagem e que tenho muito orgulho em ser o autor”, frisou Edvaldo. Os requerimentos foram aprovados por unanimidade.