Ken Humano comemora recuperação: ‘Me livrei da morte’

Celso Santebanes revela sonhos no período em coma e espera ter alta em breve. ‘O que mais quero é ir para casa’.

Por | 14 de março de 2015 às 11:59

ken2Celso Santebanes, o Ken Humano, comemora mais um dia de recuperação após um longo período sedado na UTI do Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia (MG). Nesta sexta-feira, 13, o modelo falou com exclusividade ao EGO como tem sido esses 56 dias internado.

 

“Eu fui me tratar com leucemia, peguei infecção no braço e fiquei em coma. Quase morri, me livrei da morte”, contou. Nesse período, ele revela que teve alguns sonhos. “Vi a morte de perto. Sonhei que estava em um lugar todo branco e alguém me sufocando”. A vontade de ser famoso não o abandonou nem nesses momentos. ‘Sonhei também que estava em ‘A fazenda’.

 

Segundo o boletim médico divulgado nesta sexta-feira, 13, Celso continua melhorando. Leia a íntegra:

 

“O paciente Celso Santebañes está internado no setor de Oncologia do Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia. Mantém o quadro de Leucemia Linfóide Aguda Philadelphia positivo em remissão, recuperado da aplasia medular. Encontra-se no 56º dia do tratamento, sem quimioterapia atual, consciente, comunicativo e respirando espontaneamente. O quadro clínico continua estável, em melhora progressiva”.

 

Ele conta qual seu maior desejo agora. “O que eu mais quero é ir para casa”. Na quinta, 12, ele já havia conversado brevemente com o EGO contando como se sentia. “Nasci de novo”, afirmou.

 

Antes de ser levado para UTI, Celso chegou a dizer que se sentia temeroso e resistente ao tratamento no final de janeiro. “Às vezes, não sei se vou aguentar por muito tempo… Eu não sei o que fiz para merecer tudo isso, já que sempre fui uma pessoa tão boa. Mas quero sair dessa e dar meu testemunho de vida. Eu nasci com essa doença, mas não quero morrer com ela.”

 

Relembre o caso

 

A descoberta da doença se deu quando Celso foi investigar uma inflamação. Assim como Andressa Urach, o rapaz dizia sofrer com complicações por conta do hidrogel. O drama do modelo começou quando ele recebeu o diagnóstico de leucemia linfoide aguda. Celso foi internado primeiramente no dia 7 de janeiro em Araxá, Minas Gerais, mas foi encaminhado logo depois para Patos de Minas por causa da gravidade de seu quadro. Apenas oito dias depois, em 15 de janeiro, ele voltou a ser transferido, desta vez para o Hospital de Clínicas de Uberlândia, da Universidade Federal de Uberlândia, onde permanece internado até o momento.

 

No dia 3 de fevereiro o estado de Celso se agravou abruptamente e o boletim médico indicava “risco iminente de morte”. Na ocasião, em entrevista ao EGO, a mãe de Celso, Marli Borges, chegou a admitir que não acreditava mais na recuperação do filho. “Não tenho mais nenhuma esperança”, disse ela, enquanto o filho permanecia em coma.

 

Já no dia 10 de fevereiro o hospital já descartava risco de morte, apesar do quadro ainda ser grave. Dois dias depois o modelo passou a respirar sem ajuda de aparelhos e de lá para cá seu estado vem melhorando progressivamente.

 

A avó está confiante

 

A avó de Celso Terezinha  Borges, que o visitou na noite de segunda, 9, horas depois que o rapaz foi transferido para um quarto, disse que o neto estava emocionado ao receber alta da UTI. “Fui ontem (domingo, 8) à noite ao hospital e ele está até chorando de alegria de ver a família ao lado. Ele pega na mão, chora, abraça a gente. É uma alegria imensa pra gente que é vó”, disse Terezinha, que também contou que o neto já está se alimentando.

Celso até já fez um pedido para a avó cozinhar depois que ele sair do hospital. “Ele gosta de muita coisa que eu faço, mas pediu torta de frango e arroz misturado com galinha”, contou ela, sem esconder a alegria. “Graças a Deus estou muito alegre, a família toda. Ele está sendo salvo. Para nós ele nasceu de novo’, disse ela

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.