A roda gigante da política e os desdobramentos da eleição

Por Redação | 17 de novembro de 2020 às 13:00

Foto: Divulgação

Existe um ditado onde afirma que é preciso viver um dia após o outro. Na política, não é diferente. Com a realização das eleições, no último domingo (15), a roda gigante, mais uma vez girou e, quem estava por cima, agora, está por baixo e vice-versa.

Em 2016, por exemplo, o prefeito de Delmiro Gouveia, Eraldo Cordeiro (PSD), derrotado nas urnas pela ex-vice-prefeita, Ziane Costa, marchava junto ao então deputado estadual Ronaldo Medeiros (MDB).

A vitória de quatro anos atrás, trouxe um sentimento de renovação. Foram várias tentativas para que se tentasse chegar a um caminho onde a cidade tivesse desenvolvimento. Com o desentendimento, os apoiadores de Eraldo viram o governo entrar em chamas e começaram a desistir. Uma prova disso, foram às diversas denúncias de improbidade administrativa. Agora, o gestor tentou à reeleição e às urnas mostraram que o prefeito não fez um bom governo.

Voltando um pouco no tempo, em 2018, Ronaldo Medeiros tentou à reeleição na Assembleia Legislativa de Alagoas (Ale). Vale ressaltar que ele e o atual vice-prefeito, Gabriel Varjão (PTB), estavam rompidos politicamente com Eraldo, que decidiu apoiar outro deputado.

Medeiros ficou como suplente e assumiu à presidência da Arsal e voltou à Ale com a vitória de Marcelo Beltrão (PP), na cidade de Coruripe. Por ironia do destino, ou mais, no mesmo dia em que ele volta a ser deputado, o prefeito que ele apoiou na Terra do Pioneiro, perdeu às eleições.

A roda gigante continua a girar. Na política, um dia você sorrir, no outro, você chora.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.