Acusado de participar de assaltos a correspondência bancárias é preso

João Custódio Sobrinho foi preso após uma operação desencadeada pelas Polícias Civil e Militar, na noite desta quarta-feira, 29.

Por Ítallo Timóteo | 30 de novembro de 2017 às 2:14

Crédito: Ítallo Timóteo – Radar89

 

Uma operação das Polícias Civil e Militar na noite desta quarta-feira, 29, resultou na prisão de um homem suspeito de integrar uma quadrilha que vem praticando assaltos a várias correspondências bancárias em Delmiro Gouveia, no Sertão de Alagoas.

 

O acusado foi identificado como João Custódio Sobrinho, ele foi preso no Assentamento Jurema na zona rural de Delmiro Gouveia.

 

Segundo o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, João Custódio é irmão de Geraldo Custódio Sobrinho e Claudionor Custódio Sobrinho, eles são acusados de participar dos assaltos ao Supermercado Campo Grande, Mercadinho Melo e outras correspondências bancárias.

 

No último sábado, 25, uma abordagem a um veículo Mercedez A160 cor prata e placa LSU-0258/SP, resultou na prisão de João Custódio e Geraldo Custódio, com eles a polícia encontrou um revólver calibre 38. No dia da prisão, a polícia recebeu informações de que eles estariam planejando um assalto a uma Casa Lotérica localizada na Avenida Juscelino Kubistchek, porém como não havia provas suficientes, eles foram liberados depois de pagar fiança.

 

Após a prisão deles, a polícia iniciou um trabalho de inteligência e na noite desta quarta-feira, 29, montou uma operação para que os indivíduos fossem presos, mas apenas João Custódio foi localizado.

 

Ele foi conduzido para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), onde foi autuado por associação criminosa. Na delegacia, João confirmou que os irmãos são os responsáveis pelos assaltos e que eles estão de posse de um revólver calibre 38 e uma pistola 380, além disso, João relatou que eles chegaram do Mato Grasso a poucos dias.

 

A operação foi coordenada pelo delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti e contou com o apoio do Major Anaximandro Tenório, Sargento Da Silva e a guarnição da Rádio Patrulha (RP).

 

Geraldo Custódio e Claudionor Custódio, além de um indivíduo identificado apenas como ‘Flor’ são considerados foragido da polícia, qualquer informação, denuncie através do (181).

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.