Alagoas reduz em mais de 45% o número de adolescentes no sistema socioeducativo

Por Redação com Agência Alagoas | 3 de dezembro de 2021 às 2:00

Ascom/Seprev

O Sistema Socioeducativo de Alagoas apresentou, neste mês de novembro, uma grande redução no número de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas. Agora com um total de apenas 185 socioeducandos, as Unidades de Internação registraram uma queda de mais de 45% se comparado ao mesmo mês do ano de 2019, quando chegou a contar com 338 meninos e meninas.

Os dados são fornecidos pelo setor de Controle de Vagas da Superintendência de Medidas Socioeducativas (Sumese) da Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) com base no índice de entrada de adolescentes nas Unidades de Internação de Alagoas.

Segundo o titular da Seprev, Kelmann Vieira, este resultado é fruto de políticas públicas de prevenção à violência implementadas pelo Governo do Estado nos últimos anos, como a disponibilização de capacitações profissionais e acolhimento de dependentes químicos, que vêm contribuindo muito para a baixa na reincidência dos atos infracionais.

“O principal recurso para a mudança é a prevenção, o que entendemos em um amplo espectro como promoção de políticas de educação, profissionalização, atenção à saúde, segurança, entre tantos elementos importantes para a formação saudável do público juvenil. E isso nós vemos aqui em Alagoas. Mesmo assim, caso o adolescente venha a praticar o ato infracional, ele será atendido por um sistema de excelência que oferecerá todos os meios para que ele dê a volta por cima e seja reintegrado à sociedade com sucesso”, diz Kelmann Vieira.

Este objetivo vem sendo alçado, de acordo com a supervisora de Parcerias e Controles de Vagas da Sumese, Michelle Ferreira, e pode ser observado pelo número de adolescentes entrando nas Unidades, o que vem reduzindo a cada mês.

“Em outubro, sete adolescentes deram entrada no Sistema. Em novembro, este número foi ainda menor. Apenas seis adolescentes foram internados nos últimos 30 dias. Nunca na história recente do Sistema Socioeducativo tivemos um número tão baixo de entradas nas unidades”, enfatizou Michelle Ferreira.

Atualmente o Sistema Socioeducativo conta com 12 Unidades de Internação e uma capacidade para atender 355 adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2022 Todos os direitos reservados.