Amoêdo volta a criticar Bolsonaro por recomendar cloroquina no tratamento da Covid-19

Por | 11 de julho de 2020 às 5:00




Foto: Arquivo pessoal

O ex-presidenciável João Amoêdo (Novo) voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), após ele ter recomendado o uso da cloroquina no tratamento do novo coronavírus, mesmo sem nenhum respaldo científico sobre a eficácia do remédio no combate a doença. Nas redes sociais, Amoêdo disse que Bolsonaro “minimiza a gravidade do vírus e desinforma”.

Para Amoêdo, existe um perigo em parte da população acreditar nas recomendações de Bolsonaro e diminuir os cuidados. Ele também alertou para o número elevado de mortes.

“Ao recomendar a cloroquina, Bolsonaro mais uma vez minimiza a gravidade do vírus e desinforma. Parte da população, que confia no presidente, acreditará que há um remédio eficaz e que assim podemos relaxar nos cuidados. As 70 mil vidas brasileiras perdidas mostram o contrário”, publicou.



Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.