Após recomendação do TC, Pedra Fest pode não ser realizado

Por Ferreira Delmiro | 12 de junho de 2015 às 14:39

pedraA menos de um mês do tradicional Pedra Fest, o município de Delmiro Gouveia ainda não divulgou se irá ou não realizar o evento.

 

Após a recomendação do Tribunal de contas de Alagoas, há uma grande possibilidade do evento não acontecer. Ou seja, Delmiro pode ficar sem festa para o São João e o Pedra Fest.

 

O presidente do Tribunal de Contas de Alagoas, conselheiro Otávio Lessa, informou, na tarde desta quinta-feira (11), que expediu recomendação para os 102 municípios alagoanos para que os prefeitos não realizem ‘festas faraônicas’ durante o período junino, devido à crise pela qual passa o país. Na recomendação, o conselheiro lembra que o atual cenário da economia brasileira resultou na redução de repasses pelo governo federal, razão pela qual os municípios precisam redobrar a atenção e conter gastos.

 

De acordo com Otávio Lessa, o TCE não tem a autoridade de impedir que o prefeito realize uma festa junina com recursos públicos. No entanto, apontou Lessa, o tribunal tem o papel de alertar sobre a correta aplicação dos recursos, ‘sobretudo em um momento de dificuldade que a economia do Brasil vive atualmente’.

 

“Nossa recomendação tem como objetivo alertar os prefeitos para a realização de uma festa de São João modesta, que busque manter a tradição. Em meio a este cenário de dificuldade econômica, acredito que uma festa faraônica não é o melhor caminho”, expôs Lessa.

 

O conselheiro afirmou ainda que, neste atual cenário, os gestores devem priorizar as necessidades primárias da população. Caso haja algum excesso, Otávio Lessa afirmou que o prefeito pode ser obrigado a explicar o motivo pelo qual recorreu a recurso público para promover as festividades.

 

“Se o prefeito gastou R$ 200 mil na festa, e o posto de saúde está fechado, vamos saber qual foi o peso e à medida que o gestor utilizou para tomar esta decisão. Esse questionamento tem como objetivo mostrar à população a realidade do município em que vive”, exemplificou o presidente do TCE.

 

Algumas prefeituras, como as dos municípios de Capela, Santa Luzia do Norte e Viçosa, já informaram que não vão realizar festas em alusão ao período junino, em 2015, também em virtude da recomendação do Tribunal de Contas.

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.