Após tentar matar esposa com golpe de machado, acusado diz estar arrependido; mulher pediu que ele não fosse preso

Por | 6 de setembro de 2023 às 10:51

Uma tragédia por pouco não foi registrada na tarde desta terça-feira, 5, no Povoado Turco no município de Delmiro Gouveia no Sertão de Alagoas. Um homem que vem tendo surtos pelo uso excessivo de remédios tentou matar a sua própria companheira dando um golpe de machado na cabeça dela, o crime de feminicídio só não foi consumado por que o filho do casal conseguiu evitar novos golpes. O autor foi preso e a mulher ainda no Hospital saiu em defesa do companheiro.

De acordo com as informações obtidas pelo italotimoteo.com.br que chegou a conversar com o suspeito identificado como José Marcelino da Silva. O homem vinha tendo alucinações, inclusive tendo imagens de homens querendo lhe matar. Ele vinha fazendo o uso excessivo de remédios para evitar o vício do álcool.

Era por volta das 13h30min, Lucivania Bezerra da Silva, 49 anos, preparava a mesa para almoçar, quando foi surpreendida com o golpe de machado. Ela ainda chegou a proteger a cabeça com as mãos, mas mesmo assim foi atingida. Ao pedir socorro, o filho que estava com a sua esposa na casa dos pais, conseguiu agir rápido e evitou que o pai praticasse novos golpes.

A Polícia Militar foi acionada e efetuou à prisão do suspeito ainda na residência. A mulher foi socorrida por familiares para o Hospital Regional do Alto Sertão (HRAS).

No Hospital, Lucivania Bezerra que estava consciente saiu em defesa do companheiro e disse aos profissionais que não queria que ele fosse preso. “Ele é um homem bom e não foi ele quem fez isso, ele vem lutando contra o vício.” Enfatizou.

Na delegacia, José Marcelino concedeu entrevista ao Ítalo Timóteo e disse estar bastante arrependido, ele chegou a pedir para ver a esposa, mas a situação dela estava agravado e precisou ser transferida para o Hospital de Emergência e Traumas em Arapiraca.

O delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti informou que o homem foi autuado por tentativa de feminicídio e que irá encaminhar o inquérito para o judiciário que irá analisar e se manifestar.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.