Atuação do Grupamento Aéreo reforça ações estratégicas da Segurança Pública em Alagoas

Setenta profissionais em aeronaves contribuem para sucesso de ações policiais, socorros e resgates, além de agilizar atendimentos de saúde

Por Agência Alagoas | 23 de março de 2019 às 6:15

 

Um feixe de luz vindo do céu observa as noites nos bairros e cidades de Alagoas numa rotina de patrulhamento que começou há quatro anos. Durante o dia, policiais, bombeiros, médicos e enfermeiros podem cruzar o espaço aéreo alagoano em salvamento de pessoas enfermas e feridas, atuar em busca de pessoas e veículos desaparecidos, transportar a tropa, ou atuar em perseguições e operações policiais. São fatos diferentes que envolvem as cinco aeronaves da Chefia Especial Aérea da Segurança Pública (Caesp).

 

As estatísticas da Chefia Aérea mostram que, de janeiro de 2015 até a metade do mês de março deste ano, as aeronaves participaram ativamente de diversas ações de Segurança Pública e seus órgãos integrados. Como resultados, foram feitos 792 voos que auxiliaram prisões, outros 356 que contribuíram para apreensões de armas de fogo e de drogas; as aeronaves também colaboraram na recuperação de 171 veículos e fizeram 768 transportes aeromédicos e resgates.

 

A denominação Falcão batiza os helicópteros e define as funções principais de cada um. Com destaques para o Falcão 02, que tem farol de busca e faz patrulhamento com voos noturnos; o Falcão 04, com base em Arapiraca para atender todo o Agreste e Sertão alagoano; e o Falcão 05, dotado com equipe e material especializados para transporte aeromédico.

 

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Reforma da previdência, você é a favor ou contra?

    Resultado da Enquete

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.