Balanço da PRF mostra feriado da Semana Santa com menor número de acidentes graves e mortos dos últimos 12 anos

Mais de 35 mil condutores foram autuados, a maioria deles por ultrapassagens irregulares e excesso de velocidade

Por AlagoasWeb com agências | 23 de abril de 2019 às 12:38

AlagoasWeb/Imagem de arquivo.

 

Nos quatro dias de operação do feriado da Semana Santa, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 759 acidentes nas estradas federais, o que resultou em 962 feridos e 50 mortos. O balanço foi divulgado pela instituição nesta segunda-feira (22).

 

Em Alagoas, a PRF registrou uma queda significativa de 20% no número total de acidentes em relação a 2018, foram registrados oito acidentes, sendo três considerados graves, com 11 feridos e uma vítima fatal. Em 2018, a PRF havia registrado um total de 10 acidentes, quatro deles graves, com 14 feridos e nenhuma morte.

Ainda em Alagoas a PRF flagrou 16 motoristas sob efeito de álcool (três deles foram presos), 29 ultrapassagens indevidas e os radares móveis fizeram 765 imagens de veículos acima da velocidade. 47 motociclistas ou passageiros de veículos de duas rodas foram flagrados sem capacete, 17 pessoas sem usar cinto de segurança, e quatro crianças sendo transportadas fora do dispositivo de retenção adequado à sua faixa etária. Ao todo 2.320 veículos e 2.185 pessoas foram fiscalizados. Foram realizados 676 testes de etilômetro.

Segundo o porta-voz da PRF, Anderson Poddis, apesar das ocorrências, o feriado registrou queda no número de mortos e de acidentes em relação aos últimos anos.

“Essa redução representa o menor número de acidentes graves e de mortos em uma série histórica que remonta aí 12 anos. Então, quando a gente olha para 2007, nós verificamos que 93 pessoas morreram. Em 2011, foram 154 pessoas na mesma Operação de Semana Santa. Este ano foram 50 pessoas. Mas, esta curva ascendente, nestes 12 anos, nos motiva a continuar com o nosso trabalho e com as nossas estratégias”, ressaltou.

No total, mais de 35 mil condutores foram autuados. Segundo o porta-voz da PRF, Anderson Poddis, a ultrapassagem irregular e o excesso de velocidade foram, como nos últimos feriados, as infrações mais registradas nas estradas de todo o país.

 

“As ultrapassagens proibidas somaram mais de 4 mil ocorrências – foram 4.665 ultrapassagens flagradas – e esta infração, em especial, nos preocupa muito por quê? Ela normalmente está relacionada a uma colisão frontal, e a colisão frontal, quando acontece, tem um grau de letalidade muito alto. Também nós temos aqui 980 condutores flagrados após beber – também é um número muito alto. Nós estamos falando de somente quatro dias de operação”, disse.

A PRF informou ainda que o número de crianças sendo transportadas em desacordo com a legislação subiu 9%. Foram registrados 512 flagrantes neste ano, contra 470 em 2018.

ENQUETE
  • Na sua opinião, o que falta para ajudar o desenvolvimento da cidade de Delmiro Gouveia?

    • Todas as alternativas (60%, 79 Votos)
    • Geração de Emprego (27%, 36 Votos)
    • Investimentos do setor público (6%, 8 Votos)
    • Investimentos em Empreendedorismo (3%, 4 Votos)
    • Investimentos do setor privado (3%, 4 Votos)

    Total de Votos: 131

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.