Blog do Emerson Emídio: Com o fim do ‘puxadinho’, vereadores precisam ‘suar’ a camisa para conquistar o eleitor

Por Emerson Emídio | 23 de dezembro de 2019 às 6:00

Jornalista Emerson Emídio – Foto: Divulgação

O ditado ‘farinha pouca, meu pirão primeiro’ é utilizado em muitas situações cotidianas. Na política não é diferente. Falar que a grande maioria dos que se elegem para cargos públicos pensam ser donos dos mandatos que exercem não é nenhuma blasfêmia.

É tão comum ouvir que para entrar na política é preciso ter dinheiro e o estigma de que todos ao entrar, se corrompem, que a grande massa da população acaba por deixar de debater esses assuntos. Como havia dito no texto anterior, repito, toda generalização é burra.

O pleito de 2020 traz consigo uma carga muito positiva e cheia de esperança – o fim das coligações. Com isso, a partir de agora, ao menos na teoria, os vereadores de mandato terão que ‘suar’ a camisa para conquistar o voto dos eleitores.

Pelo menos em Delmiro Gouveia, as recentes pesquisas realizadas em portais de notícias sobre a satisfação para com o poder Legislativo, demonstra descontentamento e sentimento de falta de pertencimento.

Chegamos ao ponto – Uma Emenda à Constituição deu fim às coligações partidárias. Resumindo, se continuar com esse grande interesse de novos candidatos à uma vaga na Câmara, aumentam as chances de renovação.

Há quem diga que, no mínimo, seis das onze cadeiras disponíveis serão ocupadas por novas caras em 2021. Para explicar melhor, nas Eleições anteriores, quanto mais votos uma coligação obtinha, mais candidatos eram eleitos, o que faz com que uma pessoa eleita com muitos votos conseguisse eleger candidatos do seu partido ou coligação que tenham alcançado menos votos – os famosos puxadores de votos.

Com a nova regra em vigor, coligações partidárias para eleições proporcionais, que são aquelas utilizadas para a escolha de deputados federais, estaduais e vereadores, deixam de existir.

As coligações passam a existir apenas para as eleições majoritárias (prefeitos, governadores e presidente). A questão é polêmica, traz defensores e opositores da causa, mas traz um sentimento imbuído dentro disso tudo – É possível chegar onde muitos disseram ou tentam todo dia, a todo custo, dificultar o acesso do povo.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.