Bolívia e Chile fecham fronteiras e Argentina impõe restrições ao Brasil

Por Redação | 2 de abril de 2021 às 8:00

Foto: Paula Froes/GOVBA

A Bolívia vai fechar as fronteiras com o Brasil e o Chile vai suspender a entrada de pessoas de qualquer país para frear a contaminação pelo novo coronavírus. Já a Argentina decidiu proibir a entrada de voos partidos do Brasil.

Em publicação nas redes sociais, o presidente da Bolívia, Luiz Acre, anunciou que a medida é temporária, terá duração de sete dias e entrará em vigor na sexta-feira (2). Com a decisão, a fronteira que pega Acre, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul ficará fechada.

A decisão foi tomada depois que o país identificou casos da variante descoberta em Manaus, a P.1. “Em populações fronteiriças, onde se identificou a circulação da variante da covid-19, vamos coordenar com Entidades Territoriais Autônomas correspondentes”, afirmou.

No Chile, a medida que irá valer para qualquer cidadão do mundo entrará em vigor na próxima segunda-feira (5) e durará por 30 dias.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2021 Todos os direitos reservados.