Cabo suspeito de furtar metralhadoras do Exército em SP apresenta atestado psiquiátrico

Por | 28 de outubro de 2023 às 19:27

Um dos principais suspeitos pelo furto de 21 armas do Arsenal de Guerra do Exército em Barueri, São Paulo, apresentou um atestato psiquiátrico, após se ausentar um dia do quartel. O cabo foi ao Arsenal na tarde desta sexta-feira (27) ao lado de um advogado e com o documento. As informações são da Folha de S. Paulo.

O militar era motorista do ex-diretor da unidade, o tenente-coronel Rivelino Barata de Sousa Batista, que foi exonerado do cargo após o furto. Segundo as investigações, o cabo teria usado um veículo de uso do diretor para tirar as armas do quartel.

Além dele, outros seis militares suspeitos de participação direta no furto tiveram um pedido de prisão preventiva feito pelo Exército ao Superior Tribunal Federal. Outros 19 militares foram condenados a prisões administrativas esta semana, com penas de 1 a 20 dias dentro da unidade militar.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2023 Todos os direitos reservados.