Caso Tony Pretinho completa 1 mês e delegado diz que PC já sabe nomes dos envolvidos

Informação foi divulgada por João Marcelo de Almeida que forma comissão de delegados que investiga o caso.

Por Ítallo Timóteo | 16 de janeiro de 2018 às 23:46

 

A Polícia Civil já tem nomes dos envolvidos na morte do vereador Tony Carlos Silva de Medeiros, o ‘Tony Pretinho’, a informação foi confirmada por um dos delegados que investiga o caso ao portal de notícias TNH1 de Maceió.

 

O delegado João Marcela de Almeida disse que os suspeitos já foram identificados e aguarda detalhes para concluir o inquérito que foi prorrogado. “Nós pedimos a prorrogação do inquérito, mas antes disso estaremos concluindo o caso. Como já adiantamos antes, os suspeitos já foram identificados e as diligências estão sendo feitas com o objetivo de solucionar este caso o mais breve possível.”, disse.

 

Questionado sobre o número de pessoas investigadas pelos civis, o delegado não entrou em detalhes para não comprometer a ação policial. “Ainda não podemos revelar o número de pessoas que estão sendo monitoradas pela polícia para não atrapalhar as investigações. Sobre prisões, nenhuma foi feita até o momento”, acrescentou.

 

O caso: 

 

Tony Pretinho foi morto no dia 15 de dezembro, por volta das 21h, quando conversava com um homem em frente de sua residência na Rua 22 de dezembro no centro da cidade de Batalha no Sertão de Alagoas. Um dia após o crime a reportagem do Radar 89 esteve na cidade, onde ouviu o delegado-geral Paulo Cerqueira, na época ele adiantou que testemunhas já haviam sido ouvidas e que as investigações estavam avançada. O clima na cidade era de medo e ninguém quis falar com a imprensa sobre a situação, já que o homem era o segundo vereador a ser morto em pouco mais de um mês.

 

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.