Ciúmes motivou chacina na Bahia que deixou 9 mortos, afirma polícia

Por | 30 de agosto de 2023 às 7:54

A Polícia Civil da Bahia informou nesta terça-feira (29) que chacina que vitimou nove pessoas em Mata de São João (62 km de Salvador) foi um crime passional causado por ciúmes envolvendo dois traficantes de um mesmo grupo criminoso.

Um grupo de quatro criminosos invadiu a casa na madrugada de segunda-feira (28) para matar um homem identificado pelo apelido Preá. Ele era ex-namorado de uma mulher identificada pelo prenome Bruna, que atualmente se relacionava com um dos executores da chacina.

Na ação criminosa, os homens mataram sete das nove pessoas que estavam na casa. Dentre as vítimas, estavam a mãe e irmãos de Bruna, que viviam na mesma residência do ex-namorado.

Sobreviveram um bebê de idade estimada em dois anos, que teve a vida poupada pelos bandidos, e uma criança de 12 anos, que foi ferida e está internada em estado gravíssimo com cerca de 60% do corpo queimado.

Esta criança conseguiu fugir da casa no momento da ação dos criminosos e procurou ajuda na casa de duas vizinhas. Essas duas mulheres, que abriram a porta para acolher o garoto, acabaram sendo mortas a tiros pelos bandidos.

De acordo com informações da polícia, tanto o homem identificado como Preá quanto os executores da chacina faziam parte do mesmo grupo criminoso. Todos eles tinham envolvimento com tráfico de drogas e mandados de prisão em aberto.

Dois homens suspeitos de participação na chacina morreram em confronto com policiais na madrugada desta terça-feira (29), segundo informações da Polícia Civil. Um suspeito foi preso em flagrante por suspeita de homicídio qualificado. Um quarto homem ainda é procurado.

Os dois suspeitos mortos, informou a Polícia Civil, resistiram à prisão e dispararam contra os policiais. Estes teriam revidado e atingiram os dois homens, que foram socorridos, levados para o hospital, mas não resistiram aos ferimentos.

Com os suspeitos, informou a polícia, foram apreendidas pistolas, munições, rádios comunicadores e porções de drogas. A Polícia Civil ainda investiga a motivação do crime -novos depoimentos serão colhidos nesta terça-feira.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.