Com dúvida de votos na Câmara e no STF, PEC dos Precatórios tem cenário indefinido

Por Redação com Bahia ba | 8 de novembro de 2021 às 8:00

Foto: Igo Estrela/Metrópoles

O governo federal, pelo menos até a noite de domingo (7), não tinha voto suficiente entre deputados para garantir a aprovação da PEC dos Precatórios no segundo turno. Também não tinha voto suficiente no STF (Supremo Tribunal Federal) para derrubar a liminar da ministra Rosa Weber contra as emendas do relator, chamadas de RP-9.

Segundo a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, a expectativa na Câmara dos Deputados é a de que nada aconteça antes do julgamento virtual do STF sobre o tema, que começa na madrugada desta terça (9) e vai até o fim da noite no mesmo dia.

O PDT marcou para 12h de terça reunião entre a executiva nacional e sua bancada de parlamentes. “A possibilidade de reverter os votos é bem provável”, disse o presidente da sigla, Carlos Lupi, presidente da legenda.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.