Comandante-geral inicia ações itinerantes no sertão do Estado e anuncia desejo de criar sede do 9º BPM

Por | 1 de abril de 2015 às 2:51

11085904_372450839628987_1246100610_oO comandante-geral da PM, coronel Lima Júnior, deu início na manhã desta terça-feira (31), as ações itinerantes no interior do Estado, começando pela região sertaneja, através de uma reunião com policiais militares pertencentes ao 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado na cidade de Delmiro Gouveia, e da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes), de Piranhas.

 

Lima Júnior foi recepcionado pelo comandante do Policiamento de Área (CPAI-I), tenente-coronel Walter do Valle, e pelo comandante do 9º BPM, tenente-coronel Joás Fontes. A reunião ocorreu no auditório da Fábrica da Pedra, em Delmiro Gouveia.

 

Na oportunidade, Fontes destacou a oportunidade ímpar da tropa sertaneja mediante esse contato estreito com o comandante maior da corporação, o que serve de motivação para os policiais continuarem desempenhando com afinco a sua missão.

 

Já Do Valle ressaltou a contrapartida que o policial deve dar em prol da corporação e da sociedade através do policiamento ostensivo e as ações repressivas de combate à criminalidade.

 

Por sua vez, Lima Júnior deixou a tropa a par das ações desempenhadas pelo comando da Polícia Militar, sobretudo no tocante à valorização do seu efetivo. Quanto a isso, o oficial anunciou que uma de suas prioridades é a construção de uma sede própria para o 9º BPM, dado seu posicionamento estratégico na geografia do estado.

 

O comandante ainda respondeu os questionamentos dos policiais a respeito da verba de alimentação e auxílio fardamento, bem como as conquistas salariais após o esforço do governo em atender a categoria.

 

“Esse é um momento diferenciado na história do nosso Estado. O governador Renan Filho, juntamente com o secretário da Defesa Social, Alfredo Gaspar, e o comando da Polícia Militar estão unidos e somando forças para trazer o que há de melhor para a corporação e seus policiais em prol de toda segurança pública. Precisamos nesse momento que cada um faça a sua parte para combater a criminalidade e devolver a paz ao cidadão alagoano”, destacou Lima Júnior.

 

Para a soldado Flaviana dos Santos, auxiliar da P1 e P4 do 9º BPM, é importante quando o comandante-geral vem para junto da tropa conhecer a sua realidade e suas necessidades.

 

“Pouco se tem a fazer sobre algo que não se conhece. Na medida em que o comandante vem até nós e ouve nossas demandas, ele terá condições de melhor atendê-las naquilo que lhe couber, e principalmente quando ouvimos as respostas dos nossos questionamentos do próprio comandante-geral, cai por terra todas aquelas falações de corredor que na maioria das vezes não correspondem a verdade”, disse Flaviana.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.