Conselho encontra falsos profissionais atuando em academias na cidade de Delmiro Gouveia

Além de Delmiro, as cidades de Santana do Ipanema, Dois Riachos, Olho d’Água das Flores, Senador Rui Palmeira, São José da Tapera, Monteirópolis, Pão de Açúcar, Piranhas foram alvos da ação.

Por Gazeta Web | 4 de abril de 2017 às 12:50

201704041139_d67d44bcddUma operação realizada pelo Conselho Regional de Educação Física da 19ª Região (CREF19/AL) flagrou 11 falsos profissionais atuando no interior de Alagoas. A ação de fiscalização em academias e instituições públicas passou pelas cidades de Santana do Ipanema, Dois Riachos, Olho d’Água das Flores, Senador Rui Palmeira, São José da Tapera, Monteirópolis, Pão de Açúcar, Piranhas e Delmiro Gouveia

 

A “Operação Sertão”, como foi chamada, aconteceu entre os dias 28 e 31 de março e todos os falsos professores foram denunciados às delegacias locais.

 

Em Santana do Ipanema, o conselho encontrou três pessoas nessa situação, sendo um deles estudante de graduação em Educação Física – que já havia sido orientado a não atuar como profissional – e os outros dois estudantes de ensino médio, sendo totalmente leigos para a função.

 

Já na cidade de Olho d’Água das Flores, mais dois foram flagrados orientando atividades em uma academia de musculação. Um deles ainda foi denunciado por desacato. Mais um falso profissional foi denunciado depois de ser pego pela fiscalização em Senador Rui Palmeira quando atuava em uma academia clandestina.

 

Os outros cinco estavam trabalhando ilegalmente em Delmiro Gouveia, nas três academias que funcionam no município. Todos eles foram denunciados na Delegacia de Polícia Civil.

 

Denúncias

 

O alto número de academias clandestinas e de falsos profissionais acendeu o sinal de alerta ao Conselho, que esgotou os prazos para que esses estabelecimentos se regularizassem. Além das cidades onde foram encontradas os professores clandestinos, a equipe de fiscalização ainda visitou as Vigilâncias Sanitárias de São José da Tapera, Pão de Açúcar e Piranhas para reenviar solicitação de interdição desses locais.

 

Os agentes também protocolaram denúncias nas Promotorias do Ministério Público Estadual nos municípios de São José da Tapera, Pão de Açúcar e Delmiro Gouveia, onde o alto número de pessoas atuando ilegalmente na profissão atuavam nas academias chamou a atenção.

 

Segundo o Conselho Regional de Educação Física, a população tem o direito de exigir a apresentação da Cédula de Identidade Profissional e do Certificado de Registro da Academia junto ao órgão. Denúncias podem ser feitas no link: https://goo.gl/forms/BB4bCpRa294fbDQv1.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está satisfeito (a) com a gestão do seu município?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.