Corpos de alagoanos vítimas de acidente em barragem são sepultados em Delmiro

Por Redação com TNH1 | 10 de fevereiro de 2021 às 17:00

Crédito: Divulgação

Os corpos dos alagoanos, vítimas do acidente na Barragem do Atalho, no Ceará, foram sepultados na manhã desta quarta-feira, 10, no município de Delmiro Gouveia, no Sertão alagoano. Eles foram identificados oficialmente como Heyder Pereira da Silva, 36 anos, e Mizael Brasil dos Santos, de 32 anos.

Além de Heyder e Mizael, outro alagoano, identificado como Valdir Fernando dos Santos, de 57 anos, também natural da mesma cidade e que trabalhava na manutenção da barragem, sobreviveu e sofreu uma luxação no ombro, além de escoriações na perna e na cabeça. Nivaldo Bueno de Camargo, 70 anos, natural de Taubaté-SP, morreu no acidente.

Segundo informações da prefeitura Delmiro Gouveia, os corpos de Heyder e Mizael chegaram ontem ao município e foram entregues aos familiares. Hoje, por volta de 11h, as vítimas foram sepultadas no cemitério da cidade.

Sobrevivente conta como escapou

Segundo Valdir Fernando, o alagoano que sobreviveu, o reparo na barragem acontecia há dois meses e era um “serviço de emergência”. Na hora do acidente, ele percebeu o jato d’água quando estava embaixo da tubulação. “Não vi nada na hora. Acordei no carro da ambulância”, relatou.

O acidente

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) informou que o acidente ocorreu por volta das 16h30 dessa segunda-feira, quando os operários faziam testes operacionais na tomada d’água do reservatório. As causas do acidente estão sendo investigadas. No momento do acidente, 20 operários estavam no local.

Contudo, o órgão esclareceu em nota que “a população que vive nas proximidades da estrutura está segura e não corre riscos”.

A Prefeitura de Brejo Santo manifestou o “mais profundo sentimento de pesar e se solidariza com familiares e amigos das vítimas do acidente na Barragem do Atalho”.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2021 Todos os direitos reservados.