Delmirense é assassinada a facadas em Canapi; companheiro está foragido

Por | 25 de setembro de 2023 às 9:50

Uma delmirense foi assassinada a facadas nas primeiras horas deste domingo, 24, no Bairro Favelinha na cidade de Canapi no Sertão de Alagoas. A vítima foi identificada como Roseny de Oliveira Ferreira, que era mais conhecida como ‘Nir’, 38 anos. Ela já havia sofrido uma tentativa de feminicídio no anopassado nas 369 Casas em Delmiro Gouveia, na época o companheiro dela foi preso e ainda cumpre pena. O autor do feminicídio deste domingo está foragido e também era companheiro dela.

De acordo com o boletim da polícia, por volta das 9h, a guarnição do Grupamento de Polícia Militar de Canapi, foi informado pela Guarda Civil Municipal da cidade que havia um corpo de uma mulher na Rua da Barragem. A guarnição foi juntamente com a GCM na localidade e constatou a veracidade.

No local, familiares da vítima, contaram que Roseny de Oliveira acompanhado dos filhos, irmã e o companheiro consumiam bebida alcóolica para comemorar o aniversário de uma criança que seria apenas filha de Roseny. Por volta das 5h, eles encerraram a bebedeira e foram dormir.

Roseny estava em um cômodo das casas e o seu companheiro identificado como Edno Bezerra de Araújo em outro, já que a relação dos dois não era das melhores e a vítima já teria deixado claro que não queria continuidade.

Edno é suspeito do crime e a polícia realiza diligências ininterruptas para prendê-lo.

 

As testemunhas disseram que não ouviram gritos nem tão pouco sabe com o feminicídio aconteceu. No local, a vítima aparentava marcas de facadas e Edno Bezerra teria se evadido do local.

Vizinhos disseram que até por volta das 6h, o som estava em alto volume, o que pode ter facilitado para que os familiares de Roseny não escultassem os barulhos.

Em contato com o tenente-coronel Winston Santana foi relatado que uma equipe do Setor de Inteligência já estava realizando levantamentos, no intuito de localizar o acusado que também é natural de Delmiro Gouveia.

No dia 16 de agosto, Roseny foi esfaqueada no pescoço pelo seu companheiro Manoel Aparecido dos Santos Melo, que horas depois, foi preso pela Polícia Militar ainda com a faca utilizada no crime. Desde à prisão, ele cumpre pena no Sistema Prisional de Alagoas.

Após se recuperar, Roseny passou a viver como Edno Bezerra, o casal chegou a manter contato com a reportagem do italotimote.com.br quando a irmã da vítima desapareceu na região de Canapi. Ambos aparentava viver um relacionamento tranquilo, inclusive Edno Bezerra chegou a criticar a atitude tomada pelo o acusado que tentou matar. “Desse uma pisa, mas não fizesse isso.” Disse ele.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.