Delmiro: Decisão do Tribunal de Justiça sobre investigação de autoridades pode sair em fevereiro

Por Emerson Emídio - Redação Radar Notícias | 22 de janeiro de 2020 às 1:00

Foto: Prefeito de Delmiro Gouveia, Eraldo Joaquim (Cortesia) 

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) pode emitir o resultado das investigações de supostas irregularidades na prefeitura de Delmiro Gouveia, no mês de fevereiro. Eraldo Joaquim Cordeiro (PSD) e mais seis vereadores estão sendo investigados pelo crime de desvio de verba pública.

No TJ, o caso está sobre tutela do Desembargador Washington Luís. A denúncia chegou à Casa após investigação do Ministério Público Estadual (MPE) ofertar uma Ação Penal, onde pediu o afastamento e prisão do prefeito e dos vereadores citados.  A investigação corre em segredo de justiça.

O Desembargador, por sua vez, rejeitou o pedido da prisão preventiva, mas afirmou que ouviria as partes envolvidas no processo e, em seguida, daria parecer sobre o caso.

Em março de 2019, o procurador-geral do MPE, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, veio a sede da prefeitura de Delmiro Gouveia, para cumprimento de mandado de busca e apreensão de documentos. Na oportunidade, em entrevista à imprensa, ele afirmou que haviam fortes indícios de desvio.

Agora, o TJ está analisando os dados apresentados pelo MPE, em contraste com as informações prestadas pelas defesas dos envolvidos. Nos bastidores, o assunto é um só – A decisão do órgão pode mudar completamente o destino da cidade e da Eleição, prevista para ocorrer em 04 de outubro.

ENQUETE
  • Na sua opinião, em qual área o governo da sua cidade deve investir mais?

    • Saúde (58%, 42 Votos)
    • Educação (15%, 11 Votos)
    • Agricultura (10%, 7 Votos)
    • Infraestrutura (8%, 6 Votos)
    • Turismo (5%, 4 Votos)
    • Ação Social (4%, 3 Votos)

    Total de Votos: 73

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.