Delmiro Gouveia completa 66 anos de Emancipação Política – História, legado e a cidade no futuro

Por Redação - Radar Notícias | 14 de fevereiro de 2020 às 6:00

Há exatos 66 anos, a cidade de Delmiro Gouveia tornava-se independente politicamente. Batizada anteriormente como Pedra, por conta das rochas encontradas na localidade, décadas após, viria a se transformar numa das principais cidades do Sertão de Alagoas.

O percussor de tudo, Delmiro Augusto da Cruz Gouveia, que enxergou não apenas pedras, mas que delas poderiam jorrar água e desenvolvimento. Chegou na região em 1903, para poder montar uma indústria de linhas, obteve a isenção de impostos. Conseguiu também uma concessão para explorar as terras áridas daqueles rincões, bem como para construir uma usina hidrelétrica, utilizando a energia de uma das várias cachoeiras do rio São Francisco presentes no município. Em 1913, começou a funcionar a usina hidrelétrica de Angiquinho, a segunda da América do Sul.

De acordo com a história, o primeiro prefeito da cidade foi Alfredisio Meneses, através de documento assinado pelo governador Arnon de Mello, no ano de 1954.

Com o passar do tempo, a principal renda do município foi a fábrica da Pedra, responsável por levar produtos e garantir o sustento de muitas famílias da cidade. Entre idas e vindas, em 2017, o local fechou às portas e até hoje, o município sente o impacto econômico.

Localizada a poucos quilômetros do Rio São Francisco, o município tem um grande potencial turístico que é considerado um dos lugares mais belos do Nordeste. Os cânions são um atrativo de tirar o fôlego e que tem início no município e dão um aspecto em meio a vegetação Caatinga.

O crescimento da cidade de Delmiro Gouveia se dá por conta de fatores essenciais e que precisam ser levados em consideração. Água, sol e terra, fatores primordiais para que o município cresça e se desenvolva.

Acesso a Educação, de acordo com os historiadores, teve início na época em que o pioneiro Delmiro Augusto da Cruz Gouveia, por aqui habitou. Dentro do cenário estadual, há cerca de uma década, o município vem perdendo representatividade política.

Nos outros setores, a exemplo de Saúde, algumas das demandas ainda não são disponíveis, a exemplo de maternidade e Unidade de Terapia Intensiva (UTI),cabendo aos cidadãos recorrerem a cidades mais desenvolvidas na área.

Cidade do futuro

Além de uma cidade segura, a população deseja para o futuro, uma cidade promissora em vários setores que não dispõe de boa estrutura. Além da tecnologia, Delmiro Gouveia precisa de soluções em curto, médio e longo prazo.

Dessa forma, vamos ter uma cidade referência no Sertão e com perspectivas de futuro para adultos, jovens, crianças e, além de um local aprazível para idosos. E você, qual a cidade que deseja para o futuro?

ENQUETE
  • Na sua opinião, em qual área o governo da sua cidade deve investir mais?

    • Saúde (58%, 42 Votos)
    • Educação (15%, 11 Votos)
    • Agricultura (10%, 7 Votos)
    • Infraestrutura (8%, 6 Votos)
    • Turismo (5%, 4 Votos)
    • Ação Social (4%, 3 Votos)

    Total de Votos: 73

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.