Empresário é preso acusado de estelionato e falsificação de documentos no Distrito de Piau

Por | 15 de abril de 2024 às 11:34

Um empresário foi preso acusado de estelionato, falsificação de documentos e ideológica na última sexta-feira, 12, no Distrito de Piau, no município de Piranhas, no Alto Sertão de Alagoas. A prisão de Marlon Luan Barbosa dos Santos foi realizada pela equipe do delegado Daniel Mayer e o chefe de operações Jair Clement.

De acordo com o que apurou a reportagem do italotimoteo.com.br, o rapaz é ex-funcionário da Prefeitura de Piranhas, onde atuou nos anos de 2017/2020. Ele comprava carros em nome de terceiros e não pagava os débitos. Diante das inúmeras denúncias, a Polícia Civil passou a investigar o caso.

Segundo os policiais, no início da investigação três pessoas procuraram o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Piranhas, mas no decorrer das investigações esse número triplicou.

Diante dos depoimentos e a apresentação de provas, não restou dúvidas para que a polícia solicitasse ao Poder Judiciário o mandado de prisão. O Ministério Público também ofereceu denúncia ao investigado.

Nesta sexta-feira, 12, após ser expedido o mandado de prisão, os policiais civis cumpriram o mandado na residência do acusado, que não esboçou nenhuma reação. Ele foi conduzido ao CISP de Delmiro Gouveia onde está preso à disposição da Justiça.

A reportagem tentou um contato com a defesa, mas não obteve informações de quem seria o advogado. O espaço está aberto para eventuais esclarecimentos.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.