“Estamos com medo” afirmam moradores de Batalha, após morte de mais um vereador

Tony Carlos Silva de Medeiros, o ‘Tony Pretinho’, 34 anos, foi assassinado a tiros de pistola 9mílimetro e espingarda calibre 12.

Por Ítallo Timóteo | 16 de dezembro de 2017 às 10:52

Crédito: Ítallo Timóteo – Radar 89

 

“Estamos todos com medo”, foram essas as palavras de um cidadão que temendo represálias preferiu não se identificar. Na noite desta sexta-feira, 15, por volta das 21h, o vereador Tony Carlos Silva de Medeiros, o ‘Tony Pretinho’ 34 anos, foi assassinado a tiros na porta de sua residência na Rua 22 de dezembro no centro da cidade.

 

Neste sábado, 16, um dia após o crime, a reportagem do Radar 89 ouviu depoimentos na cidade e apurou através da polícia detalhes sobre o crime.

 

‘Tony Pretinho’, além de ser vereador era empresário do ramo de construção civil e também funcionário público estadual, desde que adentrou na política no ano de 2012, ele estava afastado do cargo de Agente Penitenciário, só que a dois meses voltou a exercer o cargo, onde estava trabalhando no Presídio do Agreste, na cidade de Girau do Ponciano.

 

No momento do assassinato, a vítima estava conversando com um funcionário, quando um carro gol geração 5 de cor preta e placa não anotada, se aproximou, e o passageiro sem descer do automóvel, efetuou cerca de 10 tiros de pistola 9milímetro, insatisfeito o assassino que usava uma camisa no rosto para não ser identificado, desceu do carro e efetuou mais um tiro, só que de espingarda calibre 12, o que deixou o rosto do parlamentar totalmente desfigurado.

 

Após o crime, a polícia isolou a área e diversas buscas foram realizadas, mas ninguém foi preso.

 

Ainda na madrugada deste sábado, 16, o Secretário interino de Segurança Pública, Acácio Júnior esteve na cidade com reforço policial, onde determinou uma nova comissão de delegados para investigar o crime. A comissão é formada pelos delegados Fábio Costa (delegacia de homicídios), João Marcelo (regional de Santana do Ipanema) e Eduardo Mero.

 

Na manhã deste sábado, 16, o delegado-geral Paulo Cerqueira esteve no local do crime para buscar imagens de circuito de monitoramento que irão ajudar nas investigações.

 

Segundo vereador morto em 35 dias na cidade:

 

A morte de Tony Pretinho abalou a cidade e também a Segurança Pública, que estava prestes a esclarecer o crime do presidente da câmara Adelmo Rodrigues de Melo, o ‘Neguinho Boiadeiro’, assassinado a tiros de pistola 9milímetro no dia 9 de novembro, enquanto saia da casa legislativa.

 

Segundo informações de populares e até mesmo da família, os dois vereadores eram amigos, o que descartaria uma possível vingança da família Boiadeiro.

 

Trajetória política:

 

Tony Pretinho foi candidato pela primeira vez em 2012, onde foi eleito pelo Partido Pátria Livre (PPL) com 771 votos, ficando em primeiro lugar na disputa por uma vaga na Câmara Municipal de Vereadores. Em 2016, ele voltou a disputar o cargo pelo Partido da República (PR), onde foi reeleito com 414 votos, ficando na décima colocação.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.