Estudantes da rede estadual de Alagoas se destacam na prova de redação

Por Agência Alagoas | 14 de fevereiro de 2020 às 2:00

Foto: Thiago Henrique

“Cheguei onde cheguei graças à escola pública”. A afirmação da estudante Larissa Gates reflete não só a sua trajetória pessoal, mas também o reconhecimento e a gratidão aos professores que contribuíram para a sua formação educacional e pessoal. A aluna da Escola Estadual Tavares Bastos, de Maceió, obteve nota 960 na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e é uma dentre os vários estudantes da rede estadual que tiveram desempenho destacado na mais temida prova do Enem.

Também de Maceió, Matheus Rodrigues do Nascimento, Alexandre Firmino e Richard Antônio da Silva Nascimento, todos da Escola Estadual Rosalvo Ribeiro, conseguiram, respectivamente, notas 980,960 e 940 na redação. Eles apontam a prática constante e o apoio dos professores como essenciais para a conquista da nota.

“Redação se resume a treino e a prática, que leva à perfeição. Tivemos muito incentivo de nossa professora de Língua Portuguesa, Silvaneide, como também de nossos professores das áreas de humanas, pois nos tiraram do senso comum e ajudaram a desenvolver nosso senso crítico”, declara Matheus, que se disse surpreso com a sua pontuação 980. “Esperava tirar mais que 800, mas 980 foi uma surpresa”, confessa.

Seus colegas Firmino e Richard também ressaltam o apoio dos professores e da escola e chamam atenção para o fato de que uma boa redação vai além da norma culta. “Leitura é fundamental e as disciplinas de humanas são importantes para uma boa argumentação”, afirmam.

Argumentação – Almejando uma vaga em Direito ou Medicina Veterinária na Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Christian Santos Silva, da Escola Estadual Gilvana Ataíde, de Maceió, conquistou nota 960 na redação. Para desenvolver bem o tema, ele recorreu aos ensinamentos da Filosofia e da Sociologia e à Constituição Brasileira.

“Falei dos pensadores iluministas e contratualistas e também citei artigos da Constituição. Aliás, conhecer a Constituição é algo que recomendo para quem for redigir uma redação, pois sempre há um artigo a partir do qual você pode desenvolver qualquer tema”, recomenda Christian, que também agradeceu ao seu professor de Língua Portuguesa, Danilo, pelas dicas.

Chayanne Lima Bernardo da Silva, da Escola Estadual Rocha Cavalcanti, de União dos Palmares, também conquistou 960 na redação e diz que, na hora da prova, só precisou organizar as ideias, visto que já havia desenvolvidos com temática semelhante na escola.

“Minha dica para uma boa redação é ler bastante, treinar bastante, atualizar-se sobre vários assuntos e fazer um cronograma de estudos”, fala Chayanne, que agradeceu ao apoio de sua mãe, Rúbia e seus professores Gilmar de Oliveira, que leciona Língua Portuguesa na Escola Rocha Cavalcanti e Simone Bezerra, sua professora na Escola Estadual Jorge de Lima e titular da 7ª Gerência Regional de Educação (Gere).

Dicas – Silvaneide Mendonça, professora de Língua Portuguesa da Rosalvo Ribeiro, diz que sempre acreditou no sucesso de Matheus, Richard, Firmino. A professora, que, em edições passadas, foi avaliadora do Enem, apresentou aos seus alunos um desafio: toda semana teriam que lhe trazer textos. “Lia, corrigia e dava um retorno para eles, com dicas. Uma coisa muito importante para qualquer redação é estar atualizado com o que acontece no mundo, por isso, oriento meus alunos a assistirem telejornais, lerem notícias na internet”, recomenda.

Larissa Gates e seu colega de Tavares Bastos, Erinaldo Alves, também dão a receita para um bom texto. “Temos excelentes professores na rede estadual, por isso, aproveitem cada momento, cada dica em sala de aula”, fala Larissa. “Sou muito grato a meus professores, os quais me ajudaram muito. Tanto que, mesmo gostando mais das exatas, minha melhor nota foi na redação. Por isso, minha dica é tirar dúvidas e lutar pelo seu sonho”, enfatiza Erinaldo.

Boas notas – Outros alunos da rede estadual que também tiveram boas notas na redação do Enem. Dentre eles, estão Pedro Barros, da Escola Estadual Pedro Joaquim de Jesus, de Teotônio Vilela; Karislaine França dos Santos, da Escola Estadual Comendador José da Silva Peixoto, de Penedo e Marianna Silva Lins de Carvalho, da Escola Estadual Théo Brandão, de Maceió;  com 960 pontos; Estela Cavalcante Maranaldo, da Escola Estadual José Aprígio Vilela (EJAV), de Teotônio Vilela, Wellington Henrique de Brito Liberato, da Escola Edleuza Oliveira,  de São Miguel dos Campos e Antonny Victor da Silva, da Escola Estadual Firmo de Castro, de Porto Real do Colégio, todos com 940; José Lucas Ferreira, da Escola Estadual Deputado Gilvan Barros, de Girau do Ponciano, com 920 pontos, Maria Eliana Guedes dos Santos, Escola Estadual Analia Tenório, de Olho d’Água Grande  e Samuel Emídio, da Escola Estadual Margarida Pugliesi, de São Luís do Quitunde, ambos com 900 pontos.

ENQUETE
  • Na sua opinião, em qual área o governo da sua cidade deve investir mais?

    Resultado da Enquete

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.