Ex-gerente da Fábrica da Pedra Aroldo Flavius é vítima de latrocínio em Maceió

PM diz que Aroldo Flavius Cataldi foi vítima de assalto e reagiu, a morte pode ter sido provocada por asfixia.

Por Ítallo Timóteo | 21 de junho de 2017 às 9:12

O ex-gerente da Fábrica da Pedra, Aroldo Flavius Cataldi, 46 anos, foi assassinado durante a madrugada desta terça-feira, 21, no Bairro Salvador Lyra na capital Maceió-AL. Aroldo teria sido vítima de latrocínio, roubo seguido de morte.

 

Segundo as primeiras informações do 5º – Batalhão de Polícia Militar, (5º-BPM), Aroldo Flavius foi encontrado amarrado embaixo da cama, ele teria reagido a um assalto que aconteceu em sua residência e acabou sendo morto pelos bandidos. As primeiras informações dão conta que ele teria sido morto enforcado.

 

O corpo foi retirado do local pelo Instituto Médico Legal (IML) de Maceió. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.

 

Aroldo saiu da Fábrica em janeiro de 2015 e 4 meses depois foi contratado para ser Representante Comercial da Usina Caeté. Ele nasceu em Vitória de Santão Antão-PE, mas viveu em Igarassu-PE e se formou em Recife-PE, chegou em Delmiro Gouveia em 1996. Trabalhou no escritório central de Maceió em 2001 e voltou a Delmiro Gouveia em 2009 para ocupar a vaga de Gerente Comercial.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2021 Todos os direitos reservados.