Ex-prefeito de Mata Grande tem pedido de cela especial negado pela Justiça

O ex-prefeito está recebendo o mesmo tratamento que os outros detentos.

Por Anderson Cleyverson | 20 de agosto de 2018 às 23:33

Reprodução: JG Notícias

 

Após a Justiça negar o habeas corpus apresentado pela defesa do ex-prefeito da cidade de Mata Grande, Jacob Brandão, a reportagem do Radar 89, recebeu a informação na noite desta segunda-feira, 20, de que foi negado também, o pedido para que o mesmo fosse tratado de forma diferenciada por ter sido ex-prefeito.

 

Jacob está preso desde a última sexta-feira, 17, acusado de integrar uma organização criminosa envolvida em desvio de recursos públicos, fraudes em licitações, corrupção e falsidade ideológica.

 

Por ter sido negado o pedido da cela especial, a Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social, informou que o ex-prefeito está recebendo o mesmo tratamento que os outros detentos.

 

Jacob Brandão era considerado foragido desde abril, quando a Operação Ánomos prendeu 10 pessoas suspeitas de partipação no mesmo esquema, que desviou mais de R$ 12 milhões dos cofres da prefeitura de Mata Grande usando empresas fantasmas para locação de veículos.

 

Há expectativa de que, a partir de agora, para reduzir o tempo de prisão ou obter algum benefício, Jacob Brandão faça uma delação premiada.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está satisfeito (a) com a gestão do seu município?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.