Exclusivo: Polícia realiza operação em Canapi; idoso troca tiros com policiais

Durante o tiroteio um Agente da Polícia Civil foi atingido no colete.

Por Ítallo Timóteo | 12 de agosto de 2015 às 4:48

 

 

 

Uma mega-operação realizada pelas Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal resultou na prisão de nove pessoas na manhã desta quarta-feira (12), no município de Canapi. Os presos são acusados de formação de quadrilha. Segundo a polícia eles atuavam em roubos em rodovias, assaltos a instituições financeiras e outros crimes, durante a ação houve uma troca de tiros e um Policial Civil por pouco não ficou ferido, a bala ficou alojada no colete balístico.

 

batalha presos

 

A operação iniciou-se por volta das 5h, às residências dos criminosos foram cercadas pelos policiais. Numa dessas ao arrombar a porta de acesso ao imóvel, o chefe de operações da delegacia distrital de Mata Grande, o Agente de Polícia Civil, Perícles, foi surpreendido com um disparo que atingiu o seu colete balístico, com o impacto, o policial caiu no solo, houve uma intensa troca de tiros e um idoso identificado como José Tavares, 76 anos, acabou sendo preso.

 

O ancião que efetuou o disparo no policial contou que achava que a residência estava sendo invadida por criminosos e acabou dando um tiro que por pouco não tirou a vida do agente de polícia. O idoso chegou a ser atingido de raspão na cabeça com munições disparadas pelos policiais, o chapéu que ele usava ficou perfurado de balas.

 

Ouça o que o idoso disse: 

 

 

A reportagem do portal Radar 89 conversou com o policial Perícles que contou detalhes da situação que passou. Ouça:

Ainda na operação a polícia aprendeu diversas espingardas do tipo calibre 12 que seriam utilizadas pela quadrilha em roubos na BR-423, assaltos a instituições financeiras e em roubos a estabelecimentos comerciais.

 

Os presos e o material apreendido foram conduzidos para Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) de Delmiro Gouveia.

 

Eles foram identificados como: José Airton Ferreira da Silva, 24, Bruno Gomes dos Santos, 18, José Alonso da Silva,25, João de Souza Ferraz Neto,29, José Tavares dos Santos, 76, Cícero Leite Carvalho, 67, Adeilson de Souza Ribeiro, 30 anos.

 

A ação foi coordenada pelos delegados Rodrigo Rocha Cavalcanti (delegado regional), Ana Luiza Nogueira (Diretora do DPJ-1) e o Tenente-coronel Joáz Fontes (comandante do 9º-BPM), os mandados foram expedidos pelo Juiz Jairo Xavier da comarca local.

 

Participaram da operação: Militares da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes-Caatinga); Pelotão de Operações Especiais (PELOPES); Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Inhapi, Água Branca, Pariconha, Mata Grande e Canapi; Núcleo de Operações Especiais (NOE) da Polícia Rodoviária Federal (PRF), e Policiais Civis das delegacias de Delmiro Gouveia, Pariconha, Água Branca, Inhapi, Canapi e Mata Grande.

 

A operação faz parte de uma série de ações definida pelo secretário de Estado da Segurança Pública, Alfredo Gaspar, delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira e comandante-geral da Polícia Militar, coronel Lima Júnior.

 

Delegado conta detalhes da operação:

 

 

 

Atualizada às 10h35 

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.