Familiares de mortos em acidente se dirigem a MG para reconhecimento dos corpos

Por Redação | 5 de dezembro de 2020 às 15:30

Foto: Redes sociais

Familiares de mortos em acidente com ônibus que saiu de Mata Grande, com direção ao estado de São Paulo e se envolveu em acidente na tarde da última sexta-feira (4), na BR-381, município de João Monlevade, se deslocam ao Instituto Médico Legal (IML), de Belo Horizonte, para reconhecimento dos corpos.

A informação foi repassada ao portal Radar Notícias, na manhã deste sábado (5). O trabalho de necropsia seguiu durante toda a madrugada. O Corpo de Bombeiros Militar (CBM), informou no último balanço disponibilizado pelo órgão, que o veículo estava com 46 pessoas. Dessas, dezessete vieram a óbito.

A prefeitura de Mata Grande disponibilizou espaços públicos para a realização do velório, caso as famílias desejem realizar as últimas homenagens de maneira coletiva.

A empresa Loca Lima, responsável pelo veículo, emitiu uma nota de pesar e onde informou que dispõe de um contrato de arrendamento junto à empresa J.S. TURISMO, a qual transporta seus passageiros dentro das regras dos órgãos fiscalizadores – ANTT e Polícia Rodoviária Federal.

Por outro lado, a ANTT afirmou que a empresa não possui autorização para o transporte de pessoas. “A empresa está cadastrada na ANTT e tem um Termo de Autorização para prestação de serviço regular concedido pela Justiça, por liminar. No entanto, o veículo em questão não estava habilitado para prestar o serviço de transporte de passageiros”, disse o órgão.

Vítimas identificadas

O portal Radar Notícias  também apurou o nome de três vítimas fatais do acidente. A idade delas não foi revelada, mas de acordo com as informações obtidas, uma seria um dos motoristas do veículo e a outra, um idoso.

“Nel de Caçula” é uma das vítimas fatais

A primeira vítima é o idoso conhecido como “Nel de Caçula”, que residia no sítio Terra Nova, área rural da cidade de Mata Grande.

A idade dele não foi revelada e parentes prestaram homenagens nas redes sociais.

 

Bebeto era um dos motoristas do veículo

Outra vítima identificada é conhecida como Bebeto. De acordo com as primeiras informações, ele seria um dos motoristas do veículo e residia na área urbana da cidade.

A terceira confirmação é de um homem, de pré-nome Elias, que também estava no veículo. A notícia foi confirmada pelo irmão, através de áudio, num aplicativo de mensagens.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2021 Todos os direitos reservados.