Greve dos petroleiros: cerca de 15 mil trabalhadores cruzaram os braços em 12 estados

Por Bahia.ba | 3 de fevereiro de 2020 às 18:00

Foto:Ebc

No terceiro dia da greve nacional promovida pela Federação Única dos Petroleiros (FUP), cerca de 14.750 trabalhadores aderiram à paralisação, o que representa 80% do total de 18.434 trabalhadores lotados nos locais onde acontecem os movimentos.

São 28 bases envolvidas, de 12 estados: Amazonas, Rio Grande do Norte, Ceará, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Pernambuco, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Espírito Santo e Santa Catarina.

Durante o dia, ocorreram atos e acampamentos em diversas unidades da Petrobrás por todo o país. Destaque para ato na sede administrativa da empresa, o edifício-sede (Edise), no Rio de Janeiro, onde a Comissão de Negociação Permanente da FUP segue desde o fim de sexta-feira (31/1), cobrando interlocução com a gestão da empresa para suspender as demissões em massa no Paraná e outras medidas unilaterais que descumprem o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

Participaram da mobilização cerca de 200 pessoas, entre elas trabalhadores da Fafen-PR e suas famílias, que chegaram no Rio de Janeiro na tarde de domingo (2), para cobrar – na porta da empresa – resoluções dos seus pleitos.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.