Homem que matou ex-esposa e tentou se matar em Água Branca está preso

Por Ítallo Timóteo | 23 de abril de 2015 às 9:55

11136971_909964325722300_1190115392_nEstá preso na Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) de Delmiro Gouveia Hélio de Firmino que é acusado de assassinar a sua ex-esposa Erivânia Maria Lima Marques, 48 anos; e depois ter tentando tirar a sua própria vida. O fato aconteceu nesta quarta-feira (22) na residência em que eles moravam na Rua Cônego Nicodemos no centro da cidade de Água Branca, ao lado da prefeitura do município.

 

Segundo a polícia as primeiras investigações apontam que o crime teria sido praticado pelo motivo em que Erivânia estaria tentando acabar o relacionamento, porém Hélio não aceitava a separação, ainda de acordo com a polícia o mesmo era muito ciumento.

 

Revoltado com a atitude, o homem na manhã desta quarta-feira (22) teria pegado um revólver calibre 32 e disparado um tiro que atingiu a nuca da mulher, o projétil ficou alojado no olho esquerdo. Após balear a mulher, o homem ainda teria apontado a arma para sua cabeça e disparado duas vezes.

 

Raio-x mostra as duas perfurações causadas pelos tiros na cabeça do acusado.
Raio-x mostra as duas perfurações causadas pelos tiros na cabeça do acusado.

 

Ele foi socorrido para a Unidade de Saúde do Agreste (UE) em Arapiraca onde passou por cirurgia para retirada das balas que ficaram alojadas. No final do dia, após receber alta médica, o mesmo foi transferido por Policiais Civis para delegacia de Delmiro Gouveia.

 

Já a sua esposa chegou a ser socorrida com vida, porém não resistiu aos ferimentos e morreu na Unidade Pronto Atendimento (UPA) em Delmiro Gouveia.

 

Erivânia foi socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na UPA de Delmiro Gouveia.
Erivânia foi socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na UPA de Delmiro Gouveia.

 

A reportagem do portal Radar 89 conversou com o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti que revelou que Hélio Firmino é irmão de Ivanilton Marques Silva, o “Nino” que foi candidato a vereador em Pariconha, mas o mesmo não foi eleito, pois é acusado dopar e estuprar pelo menos três jovens do município, o mesmo chegou a ser preso  em setembro de 2012, no do Estado de Minas Gerais, porém está respondendo o crime em liberdade.

 

Ainda segundo Cavalcanti, Hélio responderá na justiça pela nova lei que é o feminicídio que são crimes hediondos cometido contra mulheres, além desse crime o acusado responderá também por posse ilegal de arma de fogo.

 

Hélio de Firmino recebeu os primeiros socorros no Hospital de Água Branca, logo após foi levado para Unidade do Agreste em Arapiraca.
Hélio de Firmino recebeu os primeiros socorros no Hospital de Água Branca, logo após foi levado para Unidade do Agreste em Arapiraca.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.