Homem reage à prisão policial e é atingido com disparo de arma não letal

Nivaldo Nascimento Santos, 22, conhecido como “nigago” ou “gaguinho” estava sendo acusado pela ex-companheira de agressão.

Por Redação - Ítallo Timóteo | 8 de outubro de 2014 às 12:06

Crédito: Ítallo Timóteo
Crédito: Ítallo Timóteo

O ex-detento Nivaldo Nascimento Santos, 22, conhecido como “Nigago” ou “Gaguinho” foi preso na noite desta terça-feira (7), por volta das 20h, na Rua São Judas Tadeu, bairro Cohab Nova, em Delmiro Gouveia. Gaguinho está sendo acusado de agredir a sua companheira e reagir à prisão policial.

 

De acordo com o cabo Bezerra do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º-BPM), a companheira de “Nigago” identificada como Jaqueline dos Santos Nunes, 20, teria ido até a sede do batalhão para denunciar que o seu ex-companheiro tinha lhe agredido e a estava proibindo de pegar os seus pertences, a jovem com medo decidiu pedir apoio aos policiais.

 

Os militares foram com a jovem até a residência e ao chegarem no local foram surpreendidos com o acusado que estava com uma faca em punho ameaçando os policiais, os militares pediram pra ele se render, mas ele não atendeu a ordem policial, sendo preciso utilizar munição de arma não letal (bala de borracha) para conter o os ânimos do “Niguago” .

 

Crédito: Fábio Guedes - Mais Noticias
Crédito: Fábio Guedes – Mais Noticias

 

O tiro de bala de borracha atingiu o braço direito do acusado que foi levado para Hospital Antenor Serpa e após ser medicado, foi conduzido para Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) de Delmiro Gouveia.

 

Na delegacia foi apurado que o acusado teria saído da delegacia semana passada após responder por um crime cometido há dois meses, Nigago tem várias passagens pela polícia por tentativa de homicídio, roubo, tráfico de drogas, lesão corporal, danos e vias de fato (briga).

 

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.