Imprensa Oficial publica quarta edição do livro Delmiro Gouveia e a Educação na Pedra

O livro teve sua terceira edição esgotada e a receptividade do público leitor levou a editora a lançar mais uma edição.

Por Veruscka Alcântara | 13 de fevereiro de 2019 às 17:55

 

A obra teve sua terceira edição esgotada e a receptividade do público leitor levou a editora a lançar mais esta publicação.

 

A Imprensa Oficial Graciliano Ramos publicou a quarta edição do livro Delmiro Gouveia e a Educação na Pedra. A obra, de autoria do professor e pesquisador Edvaldo Francisco do Nascimento, retrata o processo educacional desenvolvido no sertão alagoano pelo Industrial Delmiro Augusto da Cruz Gouveia, no período de 1902 a 1926.

 

O livro teve sua terceira edição esgotada e a receptividade do público leitor levou a editora a lançar mais uma edição. Delmiro Gouveia e a Educação na Pedra, cujo o título é autoexplicativo, retrata a educação do homem sertanejo. O jogo de palavras e significados está na Pedra, símbolo de uma educação do homem nordestino cantada em poema de João Cabral de Melo Neto e o nome da fábrica criada pelo industrial Delmiro Gouveia.

 

“Não é uma educação perdida no mapa e no calendário, mas localizada no projeto de modernização e industrialização do interior de Alagoas ao tempo de Delmiro Gouveia. O empreendimento industrial do homem que fundou a Fábrica da Pedra e como se realizou o processo pedagógico e civilizatório dos homens, mulheres e crianças em torno da sua indústria foi o maior desafio dessa obra”, ressalta Edvaldo.

 

Baseado numa visão do estudo da história social de forma moderna, apoiado em autores como Le Goff, Braudel e Marc Bloch, entre outros, o professor Edvaldo Nascimento pesquisou em arquivos públicos como o da Fundação Joaquim Nabuco, Museu Regional Delmiro Gouveia, Arquivo Público de Alagoas e o Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas, além de entrevistas com ex-operários e moradores da Pedra. É um dos grandes especialistas nos estudos sobre a vida e a obra de Delmiro.

 

O livro faz uma breve biografia de Delmiro Gouveia, desde a infância, primeiros empregos, o regresso forçado ao sertão, passa pela análise da educação na República Velha, a conjuntura sociopolítica da Alagoas naquela época até chegar ao estudo profundo das condições de ensino e do cotidiano na Pedra, suas consequências e um aprofundamento das novas relações sociais e educacionais.

 

Delmiro Gouveia e Educação na Pedra é resultado da pesquisa que Edvaldo realizou durante o seu mestrado na Universidade Federal de Alagoas (Ufal), com a orientação do professor e doutor Élcio de Gusmão Verçosa (In Memoriam), a quem o autor dedica mais essa edição. Nele é retratada a trajetória do cearense que modernizou o Recife no final do século XIX e viveu os últimos 15 anos de sua vida no sertão alagoano, onde fundou um núcleo fabril, composto de Vila Operária, uma fábrica de linhas, e a primeira usina hidrelétrica do Nordeste brasileiro. Analisa ainda o coronelismo, a República, a educação no Estado e os processos educacionais desenvolvidos por Delmiro Gouveia no sertão de Alagoas.

 

O autor

 

Edvaldo Francisco do Nascimento graduou-se em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), onde também fez especialização em Psicopedagogia. É Mestre em Educação Brasileira pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL),  Doutorando em Teoria e História da Educação pela UFPE, e membro do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas (IHGAL) e da Academia de Letras de Paulo Afonso (ALPA).

Deixe aqui seu Comentário

prefeitura delmiro
ENQUETE
  • Reforma da previdência, você é a favor ou contra?

    Resultado da Enquete

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.