João Edson elogia nomeação de Aguiar, mas alfineta Eraldo chamando Edvaldo de prefeito

Elogio e alfinetada aconteceram nesta segunda-feira, 6, após matéria do Radar 89 informar mudanças no governo.

Por Ítallo Timóteo | 6 de junho de 2017 às 17:31

Edvaldo Nascimento, João Edson e Prefeito Eraldo Cordeiro.
Edvaldo Nascimento, João Edson e Prefeito Eraldo Cordeiro.

O empresário João Edson voltou a se manifestar contra o governo de Padre Eraldo em grupos de Whatsapp nesta segunda-feira, 5. Primeiro ele parabenizou a contratação de Moisés Aguiar e depois chamou Edvaldo Nascimento de Prefeito.

 

Em grupos de Whatsapp, Edson enviou um áudio parabenizando a gestão pela contratação de Aguiar. “Longe de mim querer defender a administração atual, mas ao meu ver a presença de Moisés Aguiar nesse governo, foi a atitude mais correta tomada até agora, Moisés é um gênio na área de planejamento estratégico de administração pública, já foi Secretário de Planejamento em Delmiro, foi Superintendente da Secretaria de Planejamento do Estado e por sinal era quem comandava a Imprensa Oficial do Estado, então com relação ao currículo do cara ele é muito bom, muito bom mesmo.” Destacou João Edson.

 

Mas, em outra postagem João Edson polemizou e disse que o povo votou em Eraldo, mas elegeram Edvaldo Nascimento.

 

“Fazendo uma relação fria, todos esses atos e mudanças não parecem cartadas de Eraldo, ele não tem jogo de cintura nem muito menos manejo político para isso, por trás de todo milagre existe um santo é esse se denomina Edvaldo nascimento. Ora, para isso basta observar que uns se não todos os nomes anunciados têm com ele relação direta. Como disse Juliano Gauch “Melhor que ser rei, é ser amigo dele”, avisto uma gestão não mais acéfala como se mostrava, enfim o verdadeiro governante emana das sombras. Votaram em Eraldo e elegeram Edvaldo um prefeito sem voto.” Finalizou.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.