Joaz Fontes esclarece denúncias que acusam guarnição da Copes de ter executado homem em Olho D’água do Casado

Denúncias foram feitas em forma de comentários anônimos no portal Radar 89.

Por Ítallo Timóteo | 14 de abril de 2015 às 22:57

Em uma entrevista exclusiva ao portal Radar 89 o tenente-coronel Joáz Fontes esclareceu algumas denúncias que foram feitas em forma de comentários anônimos nesse mesmo veículo de comunicação, os leitores denunciam que uma guarnição da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes-Caatinga) é a principal acusada de ter assassinado o jovem Willian Santana da Silva que foi encontrado morto no último domingo (12), por volta das 12h, às margens da rodovia estadual AL-220 em Olho D’água do Casado.

 

reprodução
Reprodução da denúncia feita por um leitor anônimo.

 

Fontes contou que o homem foi abordado em uma blitz rotineira realizada pela Copes na cidade de Piranhas, por volta das 10h, pois o mesmo segundo os militares estaria pilotando uma moto Honda Biz sem capacete e com três passageiros que também estavam sem o equipamento de segurança obrigatório, ainda de acordo com o coronel, durante a abordagem o mesmo teria desacatado os policiais, o que acabou motivando a sua prisão.

 

Joáz conta que o homem foi conduzido pela guarnição para Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) de Delmiro Gouveia onde foi formulado um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO), após assinar a documentação o mesmo foi liberado.

 

De forma ainda desconhecida para a polícia, o homem teria aparecido morto por volta das 12h, nas margens da rodovia estadual, no boletim confeccionado pela Polícia Militar, informa que o motivo e autoria não foram apurados.

 

Ainda na entrevista frisa que o crime será investigado pelo delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti e que irá dar todo apoio que for necessário para elucidar o crime.

 

 

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.