Juiz de Direito e comendador, Dr. Cláudio Pantoja, implícito, reafirma: meu nome é trabalho!

Por Redação PA4 | 19 de maio de 2019 às 18:24

 

Suscitando o provérbio latino verbum volant, labor magnos manent (as palavras voam, grandes trabalhos perduram) por ser de poucas palavras e  muito trabalho, o juiz de Direito e comendador Claúdio Santos Pantoja Sobrinho, agraciado pela Câmara Municipal de Feira de Santana com a Comenda Maria Quitéria, (honraria outorgada às pessoas que se destacam em atividades em benefício da Bahia e do Brasil), voltou a Paulo Afonso atendendo os apelos da população.

 

Titular da 2ª Vara Cível da Comarca de Paulo Afonso que abrange Glória, Santa Brígida, Chorrochó, Macururé, Rodelas e Abaré, sem conceder entrevistas há 16 anos, nesta última sexta feira 17 de maio, sucinto e objetivo, conversou com este signatário e a entrevista foi ao ar no Programa RADAR da ANGIQUINHO FM, no mesmo dia.

 

Perguntado sobre as manifestações da sociedade por seu retorno à Capital Energia, o atuante magistrado/comendador disse que foi pela certeza que o mesmo atua com imparcialidade e no cumprimento da Lei, e, indagado por este entrevistador, respondeu que o benefício que concedeu ao professorado de Macururé, (rateio de 60% dos precatórios do FUNDEF), poderia ser estendido a outros municípios se os casos forem análogos e os processos estiverem prontos para sentenças.

 

No final, parafraseando a música de Roberto Carlos, disse que veio para ficar, porque aqui é o seu lugar.

 

Texto: Epidauro Pamplona

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você acredita que os vereadores de Piranhas estão fazendo um bom trabalho?

    • Não (83%, 24 Votos)
    • Sim (17%, 5 Votos)

    Total de Votos: 29

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.