Justiça proíbe divulgação de resultado de pesquisa de intenção de votos em Inhapi

Por REDAÇÃO | 12 de novembro de 2020 às 9:00

Foto: Cortesia / Leitor

O juiz da 39ª Zona Eleitoral de Água Branca, Bruno Acioli Araújo, proibiu nesta quarta-feira (11) a divulgação de uma pesquisa de intenção de votos que estava sendo feita no município de Inhapi pela Empresa Rosa e Franca Associados LTDA.

A coligação formada pelos partidos MDB e PP, cujo candidato a prefeito é Tenorinho Malta, foi quem ingressou com a representação eleitoral contra a Empresa Rosa e Franca Associados LTDA.

Na ação, a coligação alegou que a citada empresa já responde a vários outros processos na Justiça Eleitoral, todos pela divulgação de pesquisa eleitoral fraudulenta. A empresa já teve problemas nos estados do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas, sempre pelo mesmo motivo.

Além disso, a coligação também alegou que a empresa sequer tem uma sede, pois onde deveria ser a sede, na Rua Quintino Bocaiuva, nº 212, no bairro Pajuçara, em Maceió, na verdade é uma garagem abandonada. A empresa também não divulgou quem teria solicitado a pesquisa.

O juiz eleitoral concedeu o pedido de liminar feito pela coligação de Tenorinho e suspendeu a divulgação da pesquisa feita pela empresa Rosa e Franca Associados LTDA, além disso fixou uma multa de R$ 100 mil para quem desobedecer a decisão.

A reportagem tentou contato com a citada empresa através do número telefônico que consta no registro do CNPJ dela, mas o telefone não existe.

Correio Notícia  

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.