Livro de Revisão do Processo Criminal de Delmiro Gouveia é apresentado em Chá de Memória

Por Redação | 21 de outubro de 2019 às 19:45

Foto: Andreison Lima

Na noite desta sexta-feira (18), o Colégio Delmiro Gouveia foi o palco para o lançamento do livro Revisão Criminal do Processo Delmiro Gouveia. O evento foi prestigiado por diversas esferas da sociedade., além de representantes da sociedade civil e militar. Dentro das atividades, uma edição do Chá de Memória, um projeto do Arquivo Público de Alagoas que se expandiu para alguns municípios alagoanos e promove debates sobre temas relevantes para a sociedade.

A programação faz parte das atividades alusivas aos 102 anos de morte de Augusto da Cruz Delmiro Gouvei e à abertura do evento foi realizada pelo professor doutor, Edvaldo Nascimento. Ele fez um histórico dos 15 anos vividos por Delmiro Gouveia no Sertão de Alagoas. A apresentação também deu detalhes das transformações realizadas pelo Pioneiro do município.

“Ele foi um dos grandes promissores da nossa região, trazendo não apenas energia elétrica, através da Usina de Angiquinho e a Fábrica da Pedra, mas educação e informação para toda essa região”, afirma Edvaldo Nascimento.

O livro acompanha a revisão da condenação de Róseo Moraes do Nascimento, José Ignacio Pia, conhecido como Jacaré, e Antônio Félix do Nascimento, os principais acusados do assassinato de Delmiro Augusto da Cruz Gouveia, em 1917, e faz parte de uma linha editorial desenvolvida pela Secretaria de Comunicação de Alagoas em conjunto com a Imprensa Oficial Graciliano Ramos.

O evento foi uma ação conjunta entre diversos órgãos. Encabeçado pelo Governo de Alagoas, através da Secretaria de Comunicação, do Gabinete Civil, do Arquivo Público de Alagoas, da Imprensa Oficial Graciliano Ramos e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AL).

O  projeto do livro é de autoria do desembargador aposentado, Antônio Sapucaia, que faleceu no dia 3 de Outubro deste ano, em decorrência de um infarto fulminante. Enquanto jornalista, ele foi responsável pela primeira entrevista com Róseo Moraes, no ano de 1968 e que revelou as inúmeras torturas realizadas para confessar um crime que não cometeu.

GALERIA

 

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2021 Todos os direitos reservados.