Mãe diz que um dos irmãos foi morto ao tentar defender o outro

Por | 17 de setembro de 2023 às 12:52

A mãe dos irmãos Erick Alves da Silva e Lucas Matheus da Silva, mortos nessa terça-feira (12), na cidade de Santana do Ipanema, em Alagoas, contou que um dos filhos foi assassinado ao tentar defender o outro. Os jovens foram esfaqueados, segundo a polícia, após um deles bater sem querer no suspeito do crime, que foi preso nesta quarta (13).

Em entrevista à Gazetaweb, a mãe das vítimas relatou que, há duas semanas, os filhos chegaram em casa e disseram que esbarraram no homem dentro do ônibus escolar. “Meu menino chegou em casa falando que esse rapaz tinha entrado no ônibus, e ele bateu a perna na perna do indivíduo. Ele pediu desculpas e o homem falou assim: ‘bata de novo’. E meu menino continuou pedindo desculpas, mas ele não desculpou.”

Emocionada, a mãe contou que, nessa terça (12), os irmãos encontraram o homem no ônibus novamente. Em certo momento, o veículo parou para que o autor do duplo homicídio desembarcasse e a viagem continuasse. Foi então que ele esfaqueou um dos jovens e outro tentou defender o irmão.

“O ônibus parou para o indivíduo descer e continuar a levar os alunos para casa. Só que, quando ele foi descer do ônibus, ele deu logo a facada no pescoço do meu filho. Quando o outro irmão viu que ele estava esfaqueando o irmão, entrou no meio e tentou defender”, disse a mãe.

O caso foi elucidado após a prisão do suspeito em Canindé do São Francisco, em Sergipe. Erick Alves da Silva e Lucas Matheus da Silva utilizavam o mesmo transporte desde crianças. O autor do crime deve ser indiciado por duplo homicídio qualificado por motivo fútil.

Os corpos dos irmãos já foram liberados pelo Instituto Médico Legal (IML). O sepultamento vai acontecer nesta quinta (14), às 16h, no povoado de Olho D’Água do Amaro, em Santana do Ipanema.

Fonte: Gazeta Web

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.