Mais de 108 mil alunos da rede pública farão a Prova Alagoas

Por Agência Alagoas / Texto de José Arnaldo | 11 de junho de 2019 às 2:30

Prova Alagoas mede o nível de proficiência em Língua Portuguesa e Matemática nas escolas públicas do estado Foto: Valdir Rocha

 

Mais de 108 mil estudantes de 1693 escolas das redes municipais e estadual participarão da Prova Alagoas, avaliação que busca verificar o nível de aprendizagem dos estudantes da rede pública de ensino. Uma iniciativa da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio do Programa Escola 10 (política pública que une Estado e Municípios pela melhoria dos índices educacionais alagoanos), a prova será aplicada nos dias 11 e 12 de junho e vai avaliar a proficiência de alunos do ensino fundamental e médio em Matemática e Língua Portuguesa.

Para o vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, ação só é possível graças à parceria entre Estado e Prefeituras. “Os municípios detém 95% das matrículas dos anos inicias do ensino fundamental e 75% dos anos finais. Ao terminar esse ciclo, estes alunos vêm para a rede estadual. Quanto mais preparados estiverem, melhor será o desempenho quando ingressarem no ensino médio. Temos que ter foco na aprendizagem, para que aprendam melhor Língua Portuguesa e Matemática. Daí a importância da avaliação”, conclui Barbosa.

Este ano, a Prova Alagoas, antes aplicada para alunos dos 5° e 9° anos, também será realizada com estudantes da 3ª série do ensino médio. A prova servirá como diagnóstico do ensino e seus descritores serão utilizados para a aplicação de políticas para a correção das dificuldades apresentadas.

Mobilização – A superintendente do Sistema Estadual de Educação, Wilany Félix, explica que, paralelamente à avaliação, está em andamento um grande trabalho de formação com os articuladores de ensino das redes públicas. “Estamos trabalhando dentro do Programa Escola 10, distribuindo cadernos de atividades para os estudantes de escolas públicas. Paralelamente, também estamos trabalhando com as turmas dos 2° anos do ensino fundamental e da 1ª série do ensino médio”, conta.

Em 2017, aconteceu a primeira aplicação da Prova Alagoas com a participação de aproximadamente 80 mil alunos. A média da evolução do nível de aprendizagem dos estudantes chegou a 20% e os resultados puderam ser vistos na última edição do IDEB(Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), onde Alagoas se destacou nacionalmente nos três níveis, saindo das últimas posições do ranking. Nos anos inicias, o estado saiu da 26ª colocação para a 20ª; nos anos finais 26ª para a 19ª e no ensino médio pulou da 27ª para a 16ª colocação.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você é a favor do afastamento das autoridades de Delmiro Gouveia?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.