Moradores denunciam que água contaminada provoca doenças

Água esverdeada e com forte odor vem sendo utilizada para consumo nos últimos 30 dias

Por Anna Cláudia Almeida | 14 de outubro de 2014 às 16:31

76963acea333f8d53c454168db62357e
Cortesia/ Internauta

Esverdeada e com um forte odor. Assim é descrita a água que chega às torneiras de residências no município de Olho D’Água do Casado, no Sertão de Alagoas. O caso foi denunciado, ao CadaMinuto, por moradores que, cansados da falta de respostas dos órgãos responsáveis, tentam encontrar uma solução para o problema, que já se prolonga há 30 dias.

 

De acordo com a denúncia, a água, que deveria estar própria para o consumo humano, apresenta uma cor estranha e fedentina. Mesmo assim, a população acaba usando-a para cozinhar alimentos, lavar pratos, tomar banho e escovar os dentes, além das outras necessidades diárias.

 

A professora Elizângela Silva, 41, contou à reportagem do CadaMinuto que há 30 dias o filho dela, de apenas 7 anos, adoeceu e foi diagnosticado com hepatite. Ela afirma que os sintomas apresentados por ele também estão sendo vistos com frequência em outras crianças e que os médicos do posto de saúde da cidade chegaram a afirmar que a doença foi acarretada pela água consumida.

 

“Meu filho está a um mês de cama, não pode ir à escola, não pode brincar com outras crianças. Precisamos separar pratos, talheres, copos. Isso é constrangedor para qualquer pessoa, imagine uma criança. Quero saber se vão esperar alguém morrer para que esse problema seja resolvido”, disse a professora, em busca de respostas dos órgãos competentes.

 

Residente no Centro do município, Elizângela afirma que o problema é constante em vários bairros. “A água é usada para nosso consumo. Quem pode, está comprando água mineral para usar no dia a dia, mas muita gente não tem condições financeiras para isso e precisa consumir do jeito que a água chega às torneiras. Não sabemos se o problema é na caixa d’água, que pode estar suja. Mas isso já dura um mês e apesar de já termos ido em busca de solução com os órgãos competentes, a situação continua da mesma maneira”, colocou.

 

Para comprovar o fato, Elizângela enviou fotos ao CadaMinuto e é possível perceber que a água, colocada em garrafas pets, tem cor esverdeada. No fundo da garrafa, há ainda sujeira, o que comprova que a água é barrenta e assim vem sendo consumida diariamente pela população.

 

“Uma pessoa da vigilância sanitária veio aqui em casa e pegou amostras para fazer as análises. No entanto, até agora não sabemos o resultado dos exames feitos na água”, contou à reportagem.

 

A Casal

 

Por meio da assessoria de comunicação, a Casal informou que tem conhecimento das denúncias. Técnicos do órgão fizeram coleta da água em Olho D’Água do Casado e o material foi levado para análise. Ainda de acordo com a assessoria, a água foi considerada de boa qualidade.

 

A assessoria explicou ainda que uma empresa terceirizada pela Codevasf está executando serviços na cidade para expansão da rede coletora de esgoto. Durante a obra, a rede de distribuição de água da Casal foi atingida. Mas, de acordo com a Casal, não há registros de introdução de água de esgoto em sua rede.

 

“Mesmo com o laudo atestando a boa qualidade da água, estamos fazendo uma outra verificação e contamos com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Olho D’Água do Casado. Sobre as denúncias de que crianças teriam contraído hepatite e outras doenças em decorrência do consumo de água contaminada, a Secretaria irá verificar se essas famílias consumiram água de carros-pipa, o que é muito comum em assentamentos na região”, finalizou a assessoria da Casal.

ENQUETE
  • Na sua opinião, em qual área o governo da sua cidade deve investir mais?

    Resultado da Enquete

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.