Operação integrada cumpre 33 mandados e combate comércio ilegal de veículos e peças automotivas

Por | 24 de novembro de 2023 às 10:26

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) coordenou, nesta quarta-feira (22), uma operação integrada com objetivo de cumprir 33 mandados de busca e apreensão para coibir roubos de veículos e o comércio ilegal de peças automotivas. A operação ganhou o nome de Desmanche e foi realizada em Maceió, Rio Largo, Marechal Deodoro e Pilar.

A operação é fruto de um trabalho conjunto realizado pela Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco) da Polícia Civil e o Comando de Policiamento da Região Metropolitana (CPRM), da Polícia Militar. Após um trabalho de investigação realizado pelas agências de inteligência do Estado, alguns estabelecimentos comerciais e outros pontos suspeitos foram identificados. A Dracco solicitou os mandados judiciais, que foram expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

De acordo com o secretário da Segurança Pública, Flávio Saraiva, a operação visa coibir o roubo de veículos na capital e reforçar as ações de fiscalização sobre peças e outros materiais vendidos em lojas e ferros velhos.

“Reunimos uma força-tarefa para ir a diversos pontos da capital e cidades vizinhas fiscalizar e também orientar os proprietários sobre os cuidados que devem ser observados ao vender veículos e peças usadas, pois caso seja constatada irregularidade ou material fruto de roubo e furto, essa pessoa irá responder por receptação”, afirmou.

Até o momento, o dono de uma oficina foi encaminhado à sede da Dracco após as equipes policiais encontrarem no estabelecimento uma motocicleta com queixa de roubo. Também foi apreendido, em uma loja automotiva da parte alta, um motor de veículo com queixa de roubo. Em outra averiguação, os policiais apreenderam uma motocicleta com motor e o chassi adulterado. Todos os materiais também foram levados para a sede da Dracco, no bairro da Santa Amélia, em Maceió.

Efetivo

Para o cumprimento dos mandados, a Polícia Militar disponibilizou equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Batalhão de Rotam, Batalhão Rodoviário (BPRv), Batalhão de Trânsito (BPTran), a Companhia de Polícia Fazendária e outras unidades ligadas ao CPRM.

A Polícia Civil atuou com policiais da Dracco. Também participam da operação peritos da Polícia Científica (Polc), técnicos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.