Operação ‘Mata Grande Mais Segura’ resulta na prisão de duas pessoas

Armas, munições e pólvoras foram apreendidas. Ação foi comandada pelo Capitão Winston Santana e supervisionada pelo tenente-coronel Joás Fontes e o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti.

Por Ítallo Timóteo | 23 de setembro de 2016 às 1:34

14446353_1214601515258578_1437006279_oUma operação em conjunto entre as Polícias Civil e Militar resultou na prisão de duas pessoas e na apreensão de armas e munições na tarde desta quinta-feira (22), no município de Mata Grande, no Sertão de Alagoas.

 

A Operação denominada “Mata Grande Mais Segura” foi coordenada pelo novo comandante da 3ª – Companhia, Capitão Winston Santana e supervisionada pelos diretores da 24ª – Área Integrada de Segurança Pública (24ª-AISP) tenente-coronel Joás Fontes e o delegado regional Rodrigo Rocha Cavalcanti.

 

Deram apoio delegado geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, chefe do Comando de Policiamento de Área do Interior (CPAI-1), coronel Luiz Carlos, comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio, e o secretário de Segurança Pública, Lima Júnior.

 

Segundo o capitão, denúncias anônimas informavam que um indivíduo identificado como ‘Nego’ teria se envolvido em um confusão junto com parentes e outras pessoas no Sítio Santa Rosa, zona rural de Mata Grande. Durante a confusão, o ‘Nego’ teria ameaçado voltar e matar algumas pessoas.

 

De posse das informações, a polícia começou a monitorar o suspeito e na tarde desta quinta-feira (22), montou um aparato policial para prender o indivíduo.

 

Na residência em que estavam José Wellington Gomes da Silva, 23 anos e Cosmo Nunes da Silva, 33; foram encontrados cinco espingardas de calibre 12 e 36, além de uma vasta quantidade de munições e pólvoras.

 

Os presos foram encaminhados para a delegacia distrital da cidade, onde prestaram depoimento a delegada Gracielle Marques e foram autuados por posse ilegal de arma de fogo, ambos estão presos a disposição da justiça.

 

14455884_1214601518591911_384089289_o

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.