Operação no sertão alagoano prende quadrilha que estava praticando assaltos; um suspeito morreu

Bando estava praticando assaltos em Inhapi, Mata Grande e Canapi, ação é coordenada pelo delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti e o tenente-coronel Joáz Fontes.

Por Ítallo Timóteo | 26 de novembro de 2015 às 6:17

Presos na ação policial. Crédito: Ítallo Timóteo - Radar89
Presos na ação policial. Crédito: Ítallo Timóteo – Radar89

Uma mega-operação foi realizada na manhã quinta-feira (26), pela 24ª – Área Integrada de Segurança Pública (24ª-AISP) e resultou na prisão de sete pessoas, uma delas veio a óbito após reagir a prisão. A ação foi desencadeada para prender criminosos que estavam aterrorizando com assaltos os empresários das cidades de Água Branca, Inhapi, Mata Grande e Canapi. A operação foi comandada pelo delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti e o tenente-coronel Joáz Fontes.

 

A ação foi realizada após um trabalho de investigação entre policiais civis e militares, que contou com a ajuda da população através de denúncias. Com base nas informações à justiça decretou mandados de busca e apreensão nas residências dos suspeitos. Na cidade de Mata Grande ao adentrar a casa do suposto líder da quadrilha, identificado como Maick, os policiais foram recebidos a tiros, houve reação e o criminoso foi atingido, ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital da cidade, com ele foi encontrado uma pistola calibre 380 e dois carregadores municiados.

 

Ainda na ação, um elemento identificado como “Ganso” efetuou um disparo de revólver calibre 32; ao perceber que era a polícia ele se entregou e acabou sendo preso.

 

Os criminosos foram identificados como: Jose Jefferson Santos do Nascimento, conhecido como “Toninho” 19 anos, Niedson Giuliano da Silva, 20, Robério Noia de Melo, “Ganso” 30, Jailson Jose de Souza, “Jack” 18, além de um adolescente de 17 anos, e mais duas pessoas que não foram identificadas.

 

Com eles foram encontrados: Drogas, dinheiro, fogos de artificio, e outros objetos. Os fogos segundo a polícia eram utilizados para alertar os criminosos que havia presença de pessoas suspeitas ou até mesmo de viaturas policial. Além do material apreendido foram encontrados roupas e capacetes que foram utilizados nas ações criminosas.

 

Participaram da ação, Militares da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes-Caatinga); Pelotão de Operações Especiais (Pelopes); Militares dos Grupamentos de Polícia de Água Branca, Inhapi, Mata Grande e Canapi, além de policiais civis de ambas cidades.

 

Ouça a entrevista do Sargento Henrique, que comandou as investigações:

 

 

 

Policiais que participaram da ação. Crédito: Ítallo Timóteo-Radar89
Policiais que participaram da ação. Crédito: Ítallo Timóteo-Radar89

 

 

 

Atualizada às 8h42min

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.