Para minimizar a estiagem, operação “Água é vida” tem início em AL

Operação “Água é Vida” iniciou nesta segunda-feira (29) e deve durar aproximadamente 45 dias

Por Henrique Pereira | 1 de julho de 2015 às 20:04

Ação conta com 188 pipeiros, que irão levar água a 38 cidades alagoanas (Foto: Divulgação)
Ação conta com 188 pipeiros, que irão levar água a 38 cidades alagoanas (Foto: Divulgação)

A partir desta semana, o povo sertanejo vai contar com o reforço da Defesa Civil Estadual para diminuir os efeitos provocados pela estiagem no interior de Alagoas. A operação “Água é Vida”, onde caminhões-pipa percorrem as cidades para abastecê-las com água potável, se iniciou nesta segunda-feira (29) e deve durar aproximadamente 45 dias.

 

A ação conta com 188 pipeiros, que irão levar água a 38 cidades alagoanas. De acordo com a Defesa Civil, cerca de 200 mil pessoas em 800 comunidades vão ser beneficiadas. A distribuição da água será setorizada. As regionais de Santana do Ipanema, Delmiro Gouveia, Arapiraca e Palmeira dos Índios vão servir de base para que os caminhões possam atender os municípios vizinhos.

 

“Nossa missão é fazer com que o sertanejo sofra o mínimo possível com os desdobramentos da estiagem. Sob as orientações do major Moisés Melo, estamos concentrando nossos esforços para que neste período de seca, a água continue chegando com qualidade para o consumo das famílias”, afirmou a capitã Aline Agra, chefe de gabinete da Defesa Civil Estadual.

 

Para a operação “Água é vida”, foram destinados cerca de R$ 1,5 milhão de contrapartida estadual, oriundos do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza, o Fecoep.

 

Chuvas ajudam, mas reforço é necessário

 

Mesmo com as chuvas que caem em parte do sertão, a capitã lembra que o apoio dos carros-pipa segue sendo necessário, pois as águas captadas não são próprias para o consumo. “As chuvas são importantes, pois melhora a qualidade dos pastos e preserva a vegetação, porém as águas obtidas das precipitações não são suficientes para encher barreiras e açudes, bem como não são indicadas para o consumo humano”, lembrou.

 

Decreto de emergência

 

No último dia 25, foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) uma lista contendo os 38 municípios que decretaram situação de emergência por conta da estiagem, e que vão receber apoio do governo estadual.

 

Vão ter reforço no abastecimento as cidades de Água Branca, Arapiraca, Batalha, Belo Monte, Cacimbinhas, Canapi, Carneiros, Craíbas, Coité do Nóia, Delmiro Gouveia, Dois Riachos, Estrela de Alagoas, Girau do Ponciano, Inhapi, Igaci, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Lagoa da Canoa, Major Izidoro, Maravilha, Mata Grande, Minador do Negrão, Monteirópolis, Olho D’Água das Flores, Olho D’Água do Casado, Olivença, Ouro Branco, Palestina, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Pariconha, Piranhas, Poço das Trincheiras, Quebrangulo, Santana do Ipanema, São José da Tapera, Senador Rui Palmeira e Traipu.

ENQUETE
  • Na sua opinião, em qual área o governo da sua cidade deve investir mais?

    • Saúde (58%, 42 Votos)
    • Educação (15%, 11 Votos)
    • Agricultura (10%, 7 Votos)
    • Infraestrutura (8%, 6 Votos)
    • Turismo (5%, 4 Votos)
    • Ação Social (4%, 3 Votos)

    Total de Votos: 73

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.