Parceria disponibiliza ferramenta de ensino remoto para alfabetização em Alagoas

Por Redação | 19 de agosto de 2020 às 12:00

Foto: José Arnaldo

Mesmo em tempos de pandemia, o contato dos alunos de todas as etapas de ensino com as atividades escolares – seja ela de forma on-line ou impressa – e com seus professores e escola são fundamentais para manter o ritmo de aprendizagem e reduzir os impactos causados pela suspensão das aulas presenciais. E, neste momento, a colaboração entre as redes municipais de ensino e os estados é primordial. Voltada para professores que atuam com estudantes dos 1º e 2º anos do ensino fundamental, a plataforma Luz do Saber, desenvolvida pela Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, é mais uma ferramenta que poderá ser utilizada a alfabetização e fortalecimento da aprendizagem em Alagoas.

A utilização do recurso da Secretaria da Educação do Estado do Ceará foi possível por meio da Associação Bem Comum, parceira da Secretaria de Estado da Educação de Alagoas (Seduc) no Programa de Alfabetização em Regime de Colaboração Criança Alfabetizada, que oferece assessoria técnica, monitoramento, material de apoio e formações para gestores escolares, coordenadores pedagógicos, articuladores de ensino e professores das redes municipais e estadual que atendem crianças dos 1º e 2º anos do ensino fundamental e faz parte do programa Escola 10.

O conteúdo é disponibilizado no portal https://luzdosaber.seduc.ce.gov.br/ de forma gratuita e conta com atividades on-line, jogos e livros didáticos, além de materiais para orientações didáticas aos professores e outras ferramentas. As atividades propostas, tanto no material didático quanto no software, estimulam o conhecimento e possibilitam a interação a partir de situações reais de aprendizagem e desenvolvimento de habilidades e competências presentes na Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

“Essa ferramenta foi liberada pelo Estado do Ceará para ser utilizada pelos municípios alagoanos que desejarem trabalhar com a ferramenta. O portal é estratégico para os professores alfabetizadores trabalharem com as crianças que têm dificuldades nesse processo. Esse portal vem auxiliar o professor com atividades lúdicas e literatura. Ele foi todo adaptado na proposta domiciliar, onde as atividades podem ser trabalhadas em casa neste período de pandemia por aqueles municípios e professores que adotarem a ferramenta”, explica Wilany Félix, superintendente do Sistema Estadual de Educação de Alagoas na Seduc.

Formação – Na manhã desta terça-feira (18), a Seduc realizou uma formação apresentando a proposta da plataforma e os benefícios de sua utilização nos municípios. Participaram do momento os secretários municipais da educação, articuladores pedagógicos das secretarias municipais e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação de Alagoas (Undime).

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.