Paulo Afonso: Prefeitura realiza primeiras cirurgias ortopédicas no HNAS

Por Ascom/PMPA | 7 de janeiro de 2020 às 2:00

Foto: Divulgação

Na manhã do dia 4 de janeiro a Prefeitura de Paulo Afonso iniciou as cirurgias ortopédicas no Hospital Nair Alves de Souza (HNAS). As intervenções fazem parte dos 25% da gestão da unidade hospitalar pela administração municipal, contemplando quatropacientes, que estavam na fila de espera há tempo.

Com a ação, a Prefeitura objetiva sanar a demanda reprimida do município, ofertando cirurgias de pequena e média complexidade na área de ortopedia. “Este é, sem dúvida, um dia de muita alegria para todos porque o município está dando resolução para o cidadão que sofreu algum tipo de trauma ortopédico e, graças a uma determinação do prefeito Luiz de Deus, encontramos uma saída para otimizar e equalizar o processo cirúrgico para os pacientes que estavam na fila de espera nesta área. Hoje iniciamos os trabalhos, os quatro primeiro de muitos outros que virão”, falou o secretário de Saúde, Ghiarone Garibalde.

A equipe médica é composta de quatro ortopedistas – Jaime Andrade Cavalcante Neto, Rafael Albuquerque, Manoel Agnelo dos Santos Junior e Diego Ferraz, que irão realizar os procedimentos. “O município está buscando mecanismos viáveis para melhorar e ampliar o atendimento em toda sua rede de saúde, com especialistas e auxiliares preparados, para realização de consultas, exames e cirurgias. Estaremos sempre trabalhando para ofertar saúde de qualidade”, falou o secretário.

Gestão

Desde o dia 1º de janeiro, a Prefeitura de Paulo Afonso assumiu 25% das atividades do Hospital Nair Alves de Souza (HNAS). O processo de transição faz parte de um acordo realizado por vários órgãos, que inclui entes da esfera municipal, estadual e federal. 

À gestão municipal cabe a responsabilidade da maternidade e leitos neonatais, bem como a ortopedia.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.