PC elucida caso do vendedor do Ceará que foi vítima de latrocínio em Delmiro Gouveia

‘Nego Diu’ acusado de assassinar vendedor do Estado do Ceará, já praticou vários crimes em Delmiro Gouveia e chegou a trocar tiros com o PELOPES.

Por Ítallo Timóteo | 21 de dezembro de 2017 às 12:40

 

O latrocínio praticado contra um vendedor de cadeiras, panelas e outros objetos, está elucidado. O crime aconteceu na última sexta-feira, 15, na estrada vicinal que dá acesso ao Distrito de Sinimbu no município de Delmiro Gouveia, sertão de Alagoas. A vítima foi identificada como José Izidio de Nazaré natural da cidade de Missão Velha no estado do Ceará.

 

Segundo o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, um trabalho de inteligência realizado pela polícia culminou com a elucidação do caso. O criminoso que praticou o crime foi identificado como Douglas Santos de Lima, o famoso ‘Nego Diu’ natural de Paulo Afonso – BA, mas que pratica várias ações criminosas no Estado de Alagoas.

 

No carnaval deste ano, ‘Nego Diu’ trocou tiros com uma guarnição do Pelotão de Operações Especiais (PELOPES), após praticar um arrastão e roubar vários celulares em um estabelecimento comercial no Bairro Novo em Delmiro Gouveia. Na ocasião, ‘Nego Diu’ conseguiu escapar pelo matagal, mas um comparsa dele identificado como ‘Magnata’ foi baleado, socorrido, mas não resistiu e morreu.

 

Ainda de acordo com o delegado Rodrigo, ‘Nego Diu’ já é considerado foragido da justiça, desde que praticou esse assalto em Delmiro Gouveia, agora outro mandado de prisão será expedido pelo crime de latrocínio.

 

A polícia pede para quem tiver informações, denuncie através do (181), o anonimato será garantido.

 

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.