PC elucida crime e prende acusados de estuprar e depois matar criança de seis anos em Inhapi

Por Ítallo Timóteo | 7 de janeiro de 2015 às 17:27

CRÉDITO: ÍTALLO TIMÓTEO - RADAR 89
CRÉDITO: ÍTALLO TIMÓTEO – RADAR 89

Policiais Civis da Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) sob o comando do delegado regional Rodrigo Rocha Cavalcanti elucidou na tarde desta quarta-feira (7), um crime bárbaro que aconteceu no último dia 3 de janeiro deste ano na cidade de Inhapi, onde uma criança de seis anos foi estuprada, torturada e em seguida morta. Duas pessoas foram presas em flagrantes e dois menores apreendidos.

 

De acordo com o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti que comandou a operação junto com os seus policiais as prisões ocorreram na cidade de Inhapi e Batalha – AL. Na ação policial foram presos: Josélia Geruza Gomes, 30 anos, e Antônio Abílio dos Santos, 26 anos. Os menores W.S 16 anos e C.J.S 17 anos foram apreendidos.

 

Antônio Abílio dos Santos, 26 anos - Crédito: Ítallo Timóteo - Radar 89
Antônio Abílio dos Santos, 26 anos – Crédito: Ítallo Timóteo – Radar 89

 

 

 

Cavalcanti revelou com exclusividade para o portal Radar 89 que Josélia Geruza foi quem levou a crianças para o Abílio e os dois menores, os indivíduos teriam estuprado a criancinha torturado e depois matado. O delegado informou também que os quatros acusados de terem participado do crime é uma quadrilha especializada em estupros naquela região.

 

 

 

Josélia Geruza Gomes, 30 anos, Crédito: Ítallo Timóteo - Radar 89
Josélia Geruza Gomes, 30 anos, Crédito: Ítallo Timóteo – Radar 89

 

 

 

Ouça o áudio da entrevista do delegado:

 

 

 

Para ludibriar a polícia, após cometerem o bárbaro crime, os acusados jogaram a criancinha em uma barragem no Sítio Roçado, para simular que a criança tinha sido morta por afogamento, inclusive, quando o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encontrou a vítima ainda com vida, mas a caminho do hospital acabou morrendo.

 

Antônio Abílio dos Santos, 26 anos, é apontado pela polícia como o principal suspeito de ter matado a criança de seis anos, inclusive o mesmo já responde na justiça por dois crimes da mesma natureza.

 

O avó da criancinha conversou com exclusividade com o portal Radar 89 e contou que tinha procurado a Polícia Civil de Inhapi, mas não obteve nenhuma resposta dos policiais, foi então que o avó da criança decidiu procurar o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti.

 

 

Ouça a Entrevista do Agricultor Pedro Rodrigues, avô da criança:

 

 

 

 

 

Os acusados foram conduzidos para Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) de Delmiro Gouveia e serão encaminhados para o Juiz da Comarca Dr Jairo Xavier que fará todas as providencias cabíveis.

 

 

 

 

Atualizada às 18h43

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.