Polícia prende três pessoas acusadas de assassinar homem nas 369 casas

Elucidação do crime aconteceu após apreensão de uma adolescente.

Por Ítallo Timóteo | 9 de julho de 2015 às 23:06

11717215_947408288644570_2105662529_nPoliciais Civis e Militares prenderam no início da noite desta quinta-feira (9), três pessoas acusadas de terem participado do assassinato de Danilo Oliveira Lima, mais conhecido como “Chimbé”, 35 anos morto no dia 6 de Julho deste ano, no Conjunto Habitacional 369 Casas em Delmiro Gouveia. Eles foram identificados como: Maxuel Vieira do Nascimento, Daniel Siqueira Miranda e Cosmo Damião da Silva, o trio foi preso no mesmo local onde aconteceu o homicídio.

 

Informações concedidas pelo delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti ao portal Radar 89apontam que os acusados foram presos depois que uma adolescente teria tentando passar drogas dentro de um pão para um detento das carceragens da cadeia municipal, a droga teria sido encontrada durante uma revista minuciosa. Ao ser interrogada, a menor acabou detalhando que a droga foi mandada por “Maxuel” para o detento de prenome “Pauliano”.

 

Ainda em conversa com os policias a jovem teria dito que “Maxuel” junto de mais dois, eram os principais suspeitos de terem assassinado o “Chimbé”. De posse das informações os agentes da Polícia Civil pediram o apoio da Polícia Militar e guarnições da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes-Caatinga); Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) e Rádio Patrulha se deslocaram até o local para prender os suspeitos.

 

11728023_947408451977887_1426892042_o

 

Ao perceber a presença das viaturas, o trio tentou fugir, mas os policias foram ágios e conseguiram interromper a fuga e prende-los, com eles a polícia encontrou uma motocicleta modelo XLE de cor vermelha que possivelmente possa ter sido utilizada no homicídio, uma quantia em dinheiro, e pedras de crack.

 

899091_947408335311232_1050615875_o

 

 

11713212_947408365311229_788614254_o

 

Os três foram conduzidos para Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) onde um deles acabou confessando a participação no crime e contou que o assassinato do rapaz foi encomendando por uma mulher que é considerada pela polícia como comandante do tráfico de drogas naquela região, inclusive o motivo do homicídio estaria relacionado à briga entre traficantes para comandar a venda no local. O nome da mesma não foi divulgado para não atrapalhar as investigações policiais.

 

11733763_947408268644572_398879805_o

 

Os três serão autuados em flagrante por homicídio, já o detento responderá por associação ao tráfico de drogas juntos com os suspeitos do crime, a adolescente que é mãe de um bebê recém-nascido foi liberada após prestar esclarecimentos.

 

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.